14 abril 2011

Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo.


Assunto demais divergente em interpretação é "O Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo".

Peço, atentar para os grifos e destaques coloridos dos textos, porque são referências relevantes que auxiliam o acompanhamento e entendimento.

Você poderá acrescentar inúmeras referências bíblicas sobre aquelas que serão apresentadas, procurei destacar bases para desenvolver o estudo.

· Iniciando, transcrevo o texto da Bíblia que consta na primeira carta do apóstolo Paulo aos Coríntios, capítulo 15, versículos 20 ao 26, que diz: 
 
"20-Mas agora Cristo ressuscitou dos mortos, e foi feito as primícias dos que dormem.
21-Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem.
22-Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo.
23-Mas cada um por sua ordem
: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda. 
24-Depois virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força.
25-Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés.
26-Ora,o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte. ..."

As primícias: São os primeiros frutos.

· Livro do Êxodo, capítulo 23, versículos 14 ao 19, diz sobre as Três Festas:

"14-Três vezes no ano me celebrareis festa:

15-A festa dos pães asmos guardarás: sete dias comerás pães asmos, como te tenho ordenado, ao tempo apontado no mês de abibe; porque nele saíste do Egito: ninguém apareça vazio perante mim;

16-E a festa da sega (ceifa) dos
primeiros frutos do teu trabalho, que houveres semeado no campo, e a festa da colheita à saída do ano, quando tiveres colhido do campo o teu trabalho.
17-Três vezes no ano todos os teus varões aparecerão diante do Senhor.
18-Não oferecerás o sangue do meu sacrifício com pão levedado: nem ficará a gordura da minha festa de noite até de manhã.

19-As primícias dos primeiros frutos da tua terra trarás à casa do Senhor teu Deus: não cozerás o cabrito no leite de sua mãe."


Uma pausa...
Tenho expressado constantemente sobre a interpretação do Velho Testamento conforme as Sombras das Coisas Futuras.
Jesus diz que veio cumprir a Lei, conforme está no Evangelho de Mateus, capítulo 5, versículo 17.
O cumprimento da Lei do Velho Testamento, EM CRISTO, é a manifestação das revelações de coisas espirituais, interpretadas em figuras, alegorias, símbolos que são as Sombras das Coisas Futuras para nós hoje.

Assim, quando Jesus diz que veio para cumprir a Lei, não está dizendo que era para seguir a REGRA DA LETRA DA LEI, MAS, interpretar e discernir a revelação nela oculta.

Veja nas Perguntas e Respostas Bíblicas essa questão:
Jesus Cristo veio cumprir ou anular a lei do A.T.
 
No texto acima, já temos um exemplo. É terrível a distorção da expressão primícia para, sobretudo, arrecadação de dinheiro.

Leia o livro: Dizimos-e-Ofertas-Idolatria-Evangelica a partir da página número 27 em diante, identifico esse erro, ou seja, a expressão primícia estar sendo interpretada unicamente como: DINHEIRO.

Fiz ali uma introdução já alertando que, primícias são as almas, os filhos de Deus, os santos, os salvos.

Ainda, apenas para preparar terreno futuro, a passagem bíblica no livro do profeta Malaquias, capítulo 3, versículo 11, diz:
"E por causa de vós repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; e a vide no campo vos não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos."

A interpretação do versículo acima diz respeito à obra, igreja, seara, semeadura, colheita ... almas, santos, filhos de Deus.
MAS, e os dízimos referenciados nos versículos anteriores ao 11? São bens materiais? Resposta: NÃO.

Mas isso será abordado em outra ocasião.

Prosseguindo...
O livro de Levítico, capítulo 23, do versículos 9 ao 14, trata da Festa das Primícias e, do versículo 15 ao 22, trata da Festa do Pentecostes.

Vemos primeiro o que diz respeito às Primícias:

· Levítico 23:
"9-E falou o Senhor a Moisés, dizendo:
10-Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando houverdes entrado na terra, que vos hei de dar, e segardes a sua sega, então
trareis um molho das primícias da vossa sega ao sacerdote;
11-E ele moverá o molho perante o Senhor, para que sejais aceitos: ao seguinte dia do sábado o moverá o sacerdote.
12-E no dia em que moverdes o
molho, preparareis um cordeiro sem mancha, de um ano, em holocausto ao Senhor,
13-E sua oferta de manjares serão duas dízimas de flor de farinha, amassada com azeite, para oferta queimada em cheiro suave ao Senhor, e a sua libação de vinho, o quarto de um him. 
14-E não comereis pão, nem trigo tostado, nem espigas verdes, até àquele mesmo dia em que trouxerdes a oferta do vosso Deus; estatuto perpétuo é por vossas gerações, em todas as vossas habitações.
15-Depois para vós contareis
desde o dia seguinte ao sábado, desde o dia em que trouxerdes o molho da oferta movida: sete semanas inteiras serão.
16-
Até ao dia seguinte ao sétimo sábado, contareis cinquenta dias: então oferecereis nova oferta de manjares ao Senhor. 
17-Das vossas habitações trareis dois pães de movimento:
de duas dízimas de farinha serão, levedados se cozerão: primícias são ao Senhor.
(...) "


Essas Festas representam as Sombras das Coisas Futuras, ou seja, volte ao texto da primeira carta do apóstolo Paulo aos Coríntios, capítulo 15, versículos 20 ao 26, que vimos acima e, faça a interpretação:

Destaque 1:

interpretação entre a primeira carta aos Coríntios, capítulo 15, versículos 20 ao 26 e o livro de Levítico, capítulo 23, versículos 9 ao 17 é:

a) Quando Jesus Cristo ressuscitou no Domingo, que é o seguinte dia do sábado,  todos os que esperavam em Cristo, que estavam já dormindo, ressuscitaram, sendo esses o primeiro molho - primícias apresentado conforme diz em Levítico 23: 10 e 11.

b) Lemos nos Evangelhos sobre a ressurreição dos santos que dormiam.
Mateus 27:51, 52 e 53, diz:
"E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras. E abriram os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados; E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos."

c) O tempo da preparação do cordeiro sem mancha de Levítico 23:12, diz respeito ao período de 40 (quarenta) dias que Jesus aguardava para ser recebido no céu, expresso no Livro dos Atos dos Apóstolos, capítulo 1, versículos 3 e 9, que diz:
"3-Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando do que respeita ao reino de Deus. (...)
9-E quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos."


d) Contados os cinqüenta dias (40 dias mais 10 dias = sete semanas), ocorre o dia do pentecostes, que é acontecimento narrado no livro dos Atos dos Apóstolos, capítulo 2, versículos 1 ao 4, que diz:
"1-E cumprindo-se o dia de pentecostes estavam todos reunidos no mesmo lugar;
2-E de repente veio do céu um som como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.
3-E foram vistas por eles línguas de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
4-E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. (...)"

e) Levítico 23: 16 diz: "Até ao dia seguinte ao sétimo sábado, contareis cinquenta dias:
então oferecereis nova oferta de manjares ao Senhor.

Essa nova oferta, são os santos, os salvos, a partir do dia do pentecostes, com o detalhe imprescindível:
Todos os salvos, em Cristo, a partir do pentecostes, quando dormirem, são também considerados, de Cristo, as primícias.

Agora, verei a primeira carta aos Tessalonicenses, capítulo 4, versículos 13 ao 18, que diz:

"13-Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.
14-Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com ele.

15-Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. 
16-Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. 
17-Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.
18-Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras."


Lembrando de 1 Coríntios 15:23:  "Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda."

A palavra DEPOIS, em 1 Coríntios 15:23 e, em 1 Tessalonicenses 4:17, implicam em si um período de tempo e não é imediatamente após, como é normalmente interpretado.

Há um tempo decorrido, isso está vinculado às primícias, ou seja, os que dormiram antes de Cristo, crendo na promessa e os que dormiram/dormirão a partir do pentecostes, ou seja, JÁ ESTÃO RESSUSCITADOS, sendo esses, primícias. 

Importante:
Abrangendo o esclarecimento sobre esse tempo decorrido, na primeira carta aos Coríntios, capítulo 15, versículos 50 ao 53 e seguintes, diz:
"50-E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção.
51-Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados,
52-Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a
última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
53-Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. (...) "

Agora, esse mesmo texto em outra versão da Bíblia:

"50-E agora digo isto, irmãos, que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção.
51-Eis que vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados,
52-num momento, num abrir e fechar de olhos, ao soar a última trombeta. Pois a trombeta soará, e os mortos ressurgirão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
53-..."


Lendo o texto acima temos a sensação de que as coisas ocorrem imediatamente e ao mesmo tempo, MAS, não é verdade.

No livro do Apocalipse, após tocar a sétima e última trombeta há um tempo que se passa com ocorrência de fatos que devem ser considerados em amplitude de estudos.
Essa ressurreição dos mortos citada por Paulo no versículo 52 e, em seguida, na mesma frase dizendo que os demais seriam transformados, não implica compreender que são fatos que ocorrem um imediatamente ao outro.

Mais uma vez: Há um tempo e fatos que ocorrem após o toque da sétima e última trombeta.

Outra observação imprescindível, que nos faz entender a razão de não poder alterar nem as vírgulas dos textos bíblicos, conforme somos alertados, entretanto, se essas decisões de ajustes de textos estiverem sendo baseadas em induções de interpretação natural ou científica, certamente que haverá conflito e, esse conflito, só será resolvido com a interpretação revelada:

Na primeira versão da Bíblia, do versículo 51 para o 52, temos uma vírgula (,) no final do versículo 51 e não um ponto (.) e, no meio do versículo 52 temos um ponto e vírgula (;) que traz uma nova frase a partir de: "...;porque a trombeta soará..." e, encerra o versículo com um ponto.

Na outra versão da Bíblia, do versículo 51 para o 52, temos uma vírgula (,) no final do versículo 51 e não um ponto (.) e no meio do versículo 52 temos um ponto (.) que traz uma nova frase a partir de: "... .Pois a trombeta soará ..." e, encerrando o versículo com um ponto.

Tanto o ponto e vírgula (;) quanto o ponto (.) no meio do versículo 52, implicam uma "quebra" na frase.

Para o versículo 52, há uma diferença de interpretação conforme a expressão utilizada para esse contexto, uma versão usa expressão "ressuscitarão", e a outra emprega a expressão "ressurgirão". Compreendeu a diferença? 

Evangelho de João, passagem sobre a ressurreição de Lázaro, capítulo 11, versículos 23 ao 26, diz:
"23-Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.
24-Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.
 
25-Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;
26-E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto? "


Ainda, Evangelho de João, capítulo 5, versículos 24 e 25, diz:
"Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas, passou da morte para a vida.
Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem VIVERÃO."


Jesus diz nessas passagens que, os que dormiram, crendo na promessa da vinda do Messias, o Salvador, ainda que esteja morto, viverá.
Ainda estavam mortos porque a justiça de Deus ressuscitando Jesus Cristo aguardava ser cumprida.
A justiça de Deus, Jesus Cristo, aguardava seu cumprimento e seria declarada a vitória sobre a morte, Aleluia!!!
Quando Jesus ressuscita, esses, que estavam mortos, ressuscitaram juntamente com Ele, pois são primícias. 
Louvado seja Deus, exaltado o Cordeiro de Deus!

Jesus completa dizendo que, aquele que vive, e crê Nele, NUNCA MORRERÁ, ou seja, ainda que durma, antes da segunda vinda do Senhor, não conhecerá a morte, pois a morte não mais terá poder sobre os filhos de Deus.
São esses os santos que dormiram, depois do dia de pentecostes e, antes da segunda vinda de Jesus.
Esses santos também são considerados primícias, conforme interpretação. (Levítico 23:16)

Esses santos, depois do pentecostes e antes da segunda vinda de Jesus, quando dormirem, NÃO RESSUSCITAM PORQUE NÃO MORREM, JÁ ESTÃO RESSUSCITADOS EM CRISTO PELO BATISMO NAS ÁGUAS E A VIDA DE DEUS NELES - PELO ESPÍRITO SANTO, ou seja, são recolhidos vivos para Deus, assim que dormirem nesta terra.

Por isso Jesus diz, "E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá".

Um exemplo é sobre o que Jesus disse ao ladrão na cruz, que confessou sua fé no Filho de Deus:
Evangelho de Lucas 23: 43, diz:
"E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso. "

Quando ocorreu a ressurreição de Jesus Cristo, todos os que creram que viria o Messias e morreram, aguardavam pela ressurreição que se cumpriria em Cristo.

E, ressuscitaram com Jesus,  porque a justiça havia sido feita e, a porta do Céu foi aberta para a entrada dos filhos de Deus, pela fé no Salvador.

Assim, aquele homem, na cruz, ao lado de Jesus, creu e recebeu a salvação pela Palavra do próprio Senhor Jesus que disse:
"Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso," ou seja, o HOJE, é a nova aliança em Cristo quando todos os que Nele crêem jamais conhecerão a morte.

Enfim:
A Vida de Deus não pode ser alcançada pela morte e, se você tem essa Vida, conforme diz Jesus: "... nunca morrerá.".

Destaque 2:
Considerações Relevantes:

a) Fica anulada toda interpretação de que exista qualquer "local intermediário" onde as almas ficam em "repouso", em sono de espera etc.

Exemplo, o "PURGATÓRIO", segundo a doutrina da Igreja Católica Romana e outras crenças, é o estado no qual os fiéis são purificados depois da morte, antes de entrar no céu.
Conforme a Bíblia, os santos que dormem estão vivos e salvos. Os demais, sem salvação, aguardam mortos e ressuscitam para o julgamento final, recebendo a pena da segunda morte.
(Obs: Faço citação expressa da Igreja Católica Romana porque essa usa a Bíblia como fonte de doutrina.)

b) Se já ressuscitaram: os que dormiram aguardando a promessa da vinda de Cristo e, os que dormem, após a ressurreição de Cristo, todos ESTÃO VIVOS.

c) Aqueles que, após o dia de pentecostes constante no livro dos Atos dos Apóstolos, 2:1-4, permanecerem vivos na terra, na segunda vinda de Jesus, serão transformados.

d) Evangelho de João, capítulo 5, versículos 26 ao 29, diz:
"26-Porque, como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu também ao Filho ter a vida em si mesmo.
27-E deu-lhe o poder de exercer o juízo, porque é o Filho do homem.
28-Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz.
29-E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação."

Os versículos 28 e 29 acima dizem respeito às primícias do Cordeiro e, o final do versículo 29, todos aqueles que ressuscitaram somente no juízo final e, após julgados, sofreram a pena da segunda morte. Longo é o tempo decorrido do versículo 28 para o 29.

Destaque 3: 

Primícias
Todos os que dormiram antes da ressurreição de Cristo, aguardando a promessa da Redenção.

Primícias
Todos os que dormiram após a ressurreição de Cristo e; todos os que dormiram após o dia de pentecostes.

Arrebatados
Todos os que estiverem vivos, aguardando a segunda vinda do Senhor.

Não há como prosseguir na interpretação sem entrarmos agora nos textos do livro do Apocalipse.

Destaque 4:  A sétima trombeta

As trombetas do livro do Apocalipse
A Sétima Trombeta do livro do Apocalipse já tocou.

Quando?

Conforme meditação do estudo acima, com revelação, tocou no momento da vitória pela ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo.

Por isso, também, um juízo já está em andamento.
 

Estamos abordando a interpretação da Bíblia sobre o Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo.

Foi compreendido acima, que há um tempo inicial, o tempo das primícias de Cristo.
Aqueles que dormiram antes da ressurreição de Cristo, ressuscitaram com Cristo na Sua ressurreição.

Aqueles que, após o dia de pentecostes, estão em Cristo e dormiram, não podem mais morrer, conforme diz Jesus, fazem parte também das primícias. 

Aqueles que ainda em vida, aguardam a vinda de Jesus Cristo, serão transformados e arrebatados para o Senhor nos ares, juntando-se aos demais santos (primícias) que já estão ressuscitados, vivos.

Vem agora a passagem da conversa de Jesus com o outro crucificado, no Evangelho de Lucas, capítulo 23, versículos 39 ao 43, que diz:
39-E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.
40-Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?
41-E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.
42-E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
43-E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso."

Vou manter o propósito restrito neste estudo bíblico no que diz respeito ao Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo.

Sempre observando a questão do "tempo ocorrido", pois a leitura da Bíblia sem esse cuidado traz uma sensação de imediatismo nos fatos que são apresentados.

Uma vírgula (,) ponto e vírgula (;) ou um ponto final (.) podem alterar todo um entendimento.

Pode-se, de um versículo ou, de um capítulo para o outro, imediatamente seguinte, decorrer tempo de minutos, horas, dias, meses, anos, décadas, séculos, milênios... eternidade. 

Visando esse propósito restrito do estudo, Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo, entrarei no seguinte texto:

» Livro do Apocalipse de João, capítulo 20, versículos 1 ao 15, diz:

"1-E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão.  
2-Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos.
3-E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que mais não engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto, por um pouco de tempo.
4-E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.
5-Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram.
Esta é a primeira ressurreição.  
6-Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição:

sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.
7-E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão,
8-E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para ajuntar em batalha.
 
9-E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; mas desceu fogo do céu, e os devorou.
10-E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.
 
11-E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles.
12-E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida; e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.
13-E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.  
14-E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo: esta é a segunda morte. 
15-E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo."


»Outro texto, carta aos Hebreus, capítulo 9, versículos 23 ao 28, diz:

"23-De sorte que era bem necessário que as figuras das coisas que estão no céu assim se purificassem; mas as próprias coisas celestiais com sacrifícios melhores do que estes.
24-Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus;
25-Nem também para si mesmo se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote cada ano entra no santuário com sangue alheio;
26-Doutra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo: mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo.
27-E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,
28-Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez, para tirar os pecados de muitos,
aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para a salvação." 

Destaque 5:

O arrebatamento daqueles que estão vivos e aguardam a vinda de Jesus Cristo.

O texto da carta aos Hebreus capítulo 9, versículo 27 diz que aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo.

a) Essa morte fica abrangida dentro do que foi interpretado até este momento, ou seja, as primícias de Cristo e os mortos que ressuscitarão no julgamento final.

b) Todos aqueles que dormiram em Cristo, morreram uma única vez e ressuscitaram porque são as primícias de Cristo. 

c) Antes da segunda vinda, ocorre o que é descrito no livro do Apocalipse 20, até o versículo 10.

d) Conforme a Bíblia, os santos, ainda vivos nesta terra, estarão na Grande Tribulação, cujo momento do Arrebatamento ocorre nos versículos 11 a 15 do capítulo 20 do livro do Apocalipse, ligado ao Evangelho de Mateus, capítulo 24, versículos 29 ao 31.

Todo o capítulo 24 do Evangelho de Mateus mostra o cenário da Grande Tribulação e, os filhos de Deus, estão nela.
Faço referência para Mateus 24:29 ao 31, quando, na Grande Tribulação, ocorre a vinda do Senhor.

Mateus 24:29 ao 31
"29-E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol se escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.
30-Então
aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
31-E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus."
 
Apocalipse 7:13, 14 ...
"E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestidos brancos, quem são, e donde vieram? E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele
disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram os seus vestidos e os branquearam no sangue do Cordeiro ... "

e) Do versículo 11 ao 15, do capítulo 20 do livro do Apocalipse, os santos que aguardavam a vinda do Senhor já estão com Ele e, os céus e a terra já não mais existem, no capítulo 21 é iniciada a exposição disso.

Os mil anos de reinado de Cristo com os santos é um período específico da Igreja de Jesus Cristo na terra, antes do arrebatamento.
Não se trata de um reino de aparência visível, mas pelo poder de Deus, através da Igreja. Nada aparente.
Não existiu e, nem existirá, o conhecido "reino milenar ou Milênio" de Cristo com seus santos nesta terra, conforme alguns ensinam.

Abaixo, trecho de um estudo que defende essa interpretação do reino milenar ou Milênio: 
 
"... A primeira vinda de Jesus Cristo ao mundo foi ato Redentor de Deus.
A segunda vinda de Jesus ao mundo acontecerá em duas fases bem distintas:
A primeira, Ele virá para ARREBATAR a Igreja fiel da Terra, os salvos; a segunda, Ele virá com a Igreja, para estabelecer Seu Reino de mil anos (o milênio).

Entre a primeira e a segunda fases, acontecerá o que a bíblia chama de Grande Tribulação, e durará sete anos ..." 


Prosseguindo, todos os mortos que estavam de posse do mar, da morte e do inferno, foram entregues (ressuscitaram), conforme os versículos 11 ao 15, do capítulo 20 de Apocalipse, foram julgados e, aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo, sendo essa a segunda morte - versículo 14.

Após essas coisas, no capítulo 21, diz: "E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe."

Ou seja, o reino deste mundo acaba e, apenas o reino dos céus se manifesta.
Esse reino dos céus tem seu início em Gênesis 1:3, que diz: "E disse Deus: Haja Luz. E houve Luz."
Há um estudo específico sobre o Haja Luz neste Site.
Estudos relacionados: Estudo bíblico Haja Luz

Apocalipse 22:14, diz: "Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que tenha direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas. Amém." 

Sergio Luiz Brandão     

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ATENÇÃO!

Estarei disponibilizando, alguns estudos para baixar em seu computador.
1-Para fazer download, basta clicar na foto relativa ao estudo.
2-Ao abrir a página, logo acima no painel lado esquerdo, clique em Arquivo.
3-Na janela que abrir, clique em: Fazer download como.
4-E finalmente, clique em Documento PDF
Que Deus abençoe sua leitura.
Qualquer problema em abrir o documento, ou com o download, basta me escrever: através do formulário na coluna à direita.

Doutrina da Santíssima Trindade Católica Apostólica Romana

O Senhor Jesus lavando os pés dos discípulos-Significado.

Estudo sobre o Sábado Natural e o Sábado Espiritual

A falsa doutrina do uso do véu pelas mulheres.

O primeiro homicídio no Céu e o primeiro homicídio na Terra.

Carne e Sangue não Herdam o Reino dos Céus.

Primeira e Segunda mortes.

A mulher pode assumir a liderança na Igreja de Jesus Cristo?

As mulheres estejam caladas nas igrejas.

Pedófilos e Pedofilia, Abusando de Crianças, no Corpo e no Espírito.

Jesus Cristo veio cumprir ou anular a Lei do Velho Testamento?

Batismo nas Águas e Santa Ceia do Senhor

Quando Deus disse: Haja Luz-não foi criado o Sol, alguém nasceu.

A Separação dos Reinos.

Futebol e Idolatria Evangélica.

A Parábola das Dez Virgens

Igreja de Jesus Cristo nos Lares

O Verdadeiro e os Falsos Fundamentos.