30 janeiro 2011

Amam mais suas próprias famílias do que a família de Deus. - Mensagem Bíblica



Essa mensagem bíblica nasceu durante meditação sobre a expressão "família" e seu real significado.

O dicionário traz uma frase simples, certeira e objetiva, dentro do que vou escrever. 


O dicionário define família no sentido de que são pessoas do mesmo sangue.

Diante do que sabemos e cremos, aqueles que nascem do Espírito Santo, possuem o mesmo espírito. (pelo menos deveriam)
Nascendo do mesmo Espírito, pertencemos à família de Deus, diferente da família natural, terrena.

Jesus fez uma citação comparando o Pai do céu e o pai terreno.
Evangelho de Lucas, capítulo 11, versículo 13, diz:  "Pois, se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?"

Mas, vou já saltar para o texto da Palavra de Deus, referência dessa mensagem.
 
Evangelho de Mateus, 10:37, diz:
"Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim."

 
Evangelho de Lucas 8:21:
"Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam."

Esse texto é para os que se denominam "filhos de Deus", crentes em Jesus Cristo e Deus Pai, conforme a fé evangélica.


O Espírito Santo diz:
"Se as suas famílias naturais, vocês defendem e protegem com risco da própria vida, por que não fazem isso com a família de Deus, a Igreja de Jesus Cristo?
Igreja que está com todo o tipo de liberdade de corrupção e espíritos enganadores agindo, e NINGUÉM SE LEVANTA PARA DEFENDER O QUE É MEU?


Para defenderem suas próprias casas, proclamam o amor "santo" e, para defender a honra da Casa de Deus isso não acontece.

Por que a prevaricação e a omissão dentro da Casa de Deus?

Amam mais suas próprias famílias, MAS, a família de Deus está sendo corrompida e corroída por todo tipo de mal, e ninguém se levanta para defender a Igreja.

Usem as mesmas frases enganadoras e prevaricadoras DENTRO DE SUAS PRÓPRIAS CASAS quando o lobo, o falso pastor, o mercenário, o ladrão, o avarento, o estuprador, o sensual, o homicida, os falsos profetas, o espírito enganador, estiverem corrompendo o filho, o pai, a mãe, a esposa ou marido.

Convide o inimigo para sentar com você na mesa da sua casa e abusar de sua família sem restrições...

Quais são as frases enganadoras e prevaricadoras? Vejamos algumas delas:
"Deus julgará" - "Não toque no ungido" - "O importante é ganhar almas" - "Não julgue e não será julgado"
- "Deus sabe meu coração" - "Não fale mal do irmão"... e tantas outras.

Por que quando o mal está dentro da Casa de Deus não se toma atitude, mas, quando o mal está dentro de suas casas naturais, aí tem que fazer justiça, defender, pedir para Deus enviar anjos?

Quando aparecem noticiários de crimes dentro da sociedade, os crentes se tornam verdadeiros justiceiros como destemidos policiais e juízes.
MAS, quando os mesmos crimes acontecem DENTRO DA CASA DE DEUS, parecem covardes omissos ou coniventes, sem referencial entre o santo e o profano.


Uma pausa... 
 
Quais crimes? Até aborto ocorre dentro da Igreja de Jesus Cristo!!! Como?

Quem compreende e crê na Palavra de Deus, sabe que, quando, dentro do corpo de Cristo,
um filho de Deus está em fase de constituição, por causa de algum ato de violência dentro do Corpo, tipo: doutrina mentirosa, espíritos enganadores, fraudes e estelionatos, corrupção, prostituição espiritual, mercado evangélico, que escandalizam e fazem o que estava para nascer ... morrer.

Diante da Palavra de Deus, isso é aborto. Matam os filhos de Deus... com muito amor.

Vemos pregadores e falsos pastores pregarem contra aborto, participarem de debates na TV, rádio... mas, diante da Palavra de Deus, são homicidas dentro da Igreja de Cristo, matando filhos de Deus com seus espíritos enganadores e doutrinas de demônios.

Quem discerne vê. Os demais mortos continuam seguindo esses homicidas, pensando que estão vivos em Cristo... 

Voltando da pausa...
Sua família natural está acima da Igreja, a família de Deus?

É certo que não. Quem conhece a Palavra e, é verdadeiro filho de Deus, sabe que não.

Segundo a Palavra de Deus, a família de Deus está acima da família natural.
Defenda a Igreja de Jesus Cristo muito mais do que faz com sua própria família.
"Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim;
e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim."

...Paz ao seu coração. 

Sergio Luiz Brandão

Feliz natal, feliz ano novo, infeliz paganismo.



Paz, da parte de Deus nosso Pai e de Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador.

Porque somente nas datas?

Quando, ainda, não conhecíamos a verdade real, conforme a verdade de Cristo e sua Palavra, acreditávamos e seguíamos os roteiros ritualísticos que o mundo e seu príncipe determinou. O príncipe deste mundo, usando os seus (recursos), busca, de tempos em tempos, impor suas condições e rituais comemorativos e modais (na moda há um espírito, nisso há discernimento), visando, unicamente, um grande negócio lucrativo, blasfemando do único Deus verdadeiro. 


Por tradição, sem Cristo e sua Palavra, eu seguia os roteiros e rituais, mas, quando conheci a verdade de Cristo e discerni coisas espirituais de espirituais (1 Coríntios, capítulo 2), entendi que, os roteiros e rituais do mundo me tornavam um bom escravo da mentira e de todo o engano.

Progressivamente, conhecendo a Palavra de Deus, datas como Natal, Ano Novo e outras, vindas do paganismo, conforme o mundo pratica, perderam o sentido, pois, na essência, nada são, nada mudam, nada edificam, nada frutificam, nada... nada


Dia de Natal


Quem já pesquisou sobre essas datas, sabe que nascem do mundo pagão, de entendimentos do engano e, não conforme a verdade de Cristo. São falsas bondades, falsas misericórdias de uma falsa paz e de um falso amor. Jesus Cristo e Deus Pai são apenas slogan de um grande mercado maldito, com muita idolatria, cobiça, avareza, corrupção espiritual e prostituição. Jesus Cristo e Papai Noel são colocados dentro do mesmo nível no entendimento das pessoas. Papai Noel até fica em mais evidência em seu amor, porque ele dá presentes... presentes materiais e morte espiritual, por causa da idolatria, vaidade e cobiça. No Dia de Natal, a principal frase não é o Senhor Jesus Cristo, mas: "o que você ganhou?"

Muitos, que se dizem evangélicos, tentam justificar
e manter a situação porque ainda são escravos da mentira e não aceitam a liberdade e verdade de Cristo. Não querem desagradar os homens, mesmo que desagrade a Deus.


Quem já entendeu a Palavra de Deus sobre essas datas, sabe e sente o Espírito Santo agonizando dentro do corpo diante da efervescente idolatria e blasfêmia mundial. Tudo é um grande mercado, um grande negócio, uma grande blasfêmia, e Jesus é apenas um slogan de boas vendas.


As crianças, desde cedo, são contaminadas e dominadas por um espírito maligno de troca, de cobiça, de interesse, de inveja, baseando pelo que recebe e não pelo que as pessoas são. Como é a igreja que se diz evangélica nos dias de hoje, onde um candidato a filho de Deus é avaliado pelo que tem e pelo que dá, não pelo que é em Jesus Cristo. Esse é o evangelho maldito, do qual se refere a Palavra de Deus.


Ano Novo


Nas mensagens de "feliz ano novo" e festejos na passagem de um ano para outro, vemos a tradição de que, o que deveria ser todos os dias, é transferido, dissimuladamente, para 
um único dia do ano (da mesma forma que o natal).

Os filhos de Deus, nascidos de novo, vivem pela
glória de Cristo todos os dias, os filhos de Deus, vivem as pelejas todos os dias, não é uma programação anual, conforme certas falsas igrejas que se dizem evangélicas pregam e manipulam seus "escravos" dizendo: "Este é o ano apostólico de Josué", "Este é o ano profético de Ester"... quem não conhece a Bíblia acredita nessas mentiras, estratégias de marketing do evangelho segundo o inimigo de Deus.


As orações dos santos são todos os dias, o fato de passar do dia 31 de dezembro para o dia 1º de janeiro, mudou apenas o dia, como todos os dias já passados e aqueles que virão. Somente seja Deus, o Pai, e o Senhor Jesus Cristo exaltados e adorados, TODOS OS DIAS, sem exceção. Os desejos e orações sejam TODOS OS DIAS, e não apenas para o ano novo, que não é novo, mas, apenas mais um ano do calendário humano, para quem ainda não é eterno com Deus. 


O filho de Deus dá glórias pela eternidade e não pelo que é efêmero e temporal. 


Quem é eterno em Cristo já não tem mais o que comemorar com o mundo, conforme o mundo suas festas e motivos mas, dá glórias a Deus pelo perdão dos pecados e salvação da alma, buscando TODOS OS DIAS, sem cessar, para que não seja distraído pelo enganos dessa vida e caia da graça de Cristo. 


Muitos podem ficar ofendidos lendo essas breves linhas, mas, com certeza, ainda não conhecem a verdade de Cristo e, ainda, estão presos aos rituais pagãos, conforme o curso deste mundo e seu príncipe. 


Não adianta declarar Cristo se ainda é escravo das tradições e de homens em doutrinas do falso evangelho. 

Se o Evangelho de Cristo tivesse libertado você, já não estaria preso nesses laços de iniquidade. 

Mas, muitos estão saindo desses laços e, não mais, fazendo a vontade do enganador. 


Será que realmente entendemos a real dimensão da interpretação da Palavra de Deus em 1 João 2:15, quando diz: 

"Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele"

Só uma dica: "o amor do Pai não está nele" significa: não tem o Espírito Santo. 


Vamos conversando...


O Deus da glória seja eternamente louvado. 

Paz do Senhor Jesus Cristo, para você e sua casa. 


Sergio Luiz Brandão

O próprio Deus dá testemunho do servo Jó. - Mensagem Bíblica



Jó.  
O próprio Deus dá testemunho de um homem.

Quando nos interessamos pelas verdades de Deus, meditamos constantemente em tudo que lemos na Bíblia.
Lemos, também, estudos de outras pessoas.
Ouvimos estudos, pregações bíblicas, enfim, muito ouvimos e lemos sobre "um mesmo assunto".

Sobre o homem de Deus Jó li e ouvi muitas coisas. A maioria causou enfado e aborrecimento.

Como se colocassem Jó em um divã e o "homem natural" fizesse suas considerações conforme psicologia e outras ciências que para nada servem nas coisas de Deus.

Conforme escreveu o apóstolo Paulo em 1 Coríntios, capítulo 2, as coisas do homem, o homem pode entender, mas, as de Deus, somente pelo Espírito Santo, pois, em tudo há discernimento espiritual e, as de Deus, somente se Ele quiser revelar.

Certa ocasião, já aborrecido com os analistas, fui ler novamente o Livro de Jó e, o Espírito Santo, fez prestar atenção e fixar o versículo 3, capítulo 2 no trecho que diz:
"...havendo-me tu incitado contra ele, para o consumir sem causa..."

Quando li isso e entendi o que o Espírito Santo quis dar a entender, tive a visão de um incêndio, sim, um incêndio de livros e livros daqueles que submetem Jó às considerações inúteis de homens naturais.
Longos livros e estudos que para nada servem.

Não sei se você consegue, neste momento, ver a dimensão do que exponho.

Esses argumentos que muitos "entendidos da Bíblia" apresentam, são os mesmos argumentos que apresentam os "amigos de Jó".

Quem julga as coisas de Deus?

Por que Deus autoriza o maligno fazer o que fez com alguém que, do próprio Deus tem testemunho de ser fiel?

Se Deus diz que alguém é fiel, quem pode questionar essa fidelidade e provar o contrário?

Se Deus já disse que é fiel, precisaria provar que é? No limite até onde podemos compreender, não precisa provar nada.
Deus não mente e sabe a verdade real de cada um.

Mas, Deus tem seus segredos e mistérios. Ninguém tem como questioná-lo.

Alguém me perguntou sobre o aspecto "espiritual" da vida de Jó.

A essência e verdade é o que o próprio Deus fala de Jó.
"Homem sincero e reto, temente a Deus, que se desvia do mal e, mesmo afligido, continuou fiel."
 

Uma pausa...
Neste momento veio a lembrança do Salmo 77, quando o salmista em momento de aflição inicia falando da sua dor, aperto... mas, no verso 10 é como se ocorresse um "click" e ele diz:  "...Isto é enfermidade minha; e logo me lembrei dos anos da destra do Altíssimo."

Essa expressão "isto é enfermidade minha" diz respeito ao que ele estava falando antes, ou seja, as aflições apertando seu coração e, em seguida, depois do "click", começa a adorar e louvar.

Jó e todos os santos na terra, podem passar por essas aflições, independente de saber ou não a origem.

Aflições e apertos que, por demais violentos, jamais removerão a fidelidade, fé e amor por nosso Deus Pai e nosso Senhor Jesus Cristo.

Jó falou muitas coisas, falou como alguém que continuou fiel.
Espiritualmente, Jó era/é um homem de Deus.

O fruto do Espírito manifestou em Jó.
O próprio Deus dá testemunho de Jó. Amém.

...Paz ao seu coração. 

Sergio Luiz Brandão

Quando Deus fala na fila do Banco. - Mensagem Bíblica



Ontem, segunda-feira, 03 de março de 2008, por volta das 15:30hs fui ao Banco próximo de onde moro para pagar uma conta.

Aproximadamente quinze pessoas estavam na minha frente no momento que cheguei.
Em paz, entrei no meu lugar de chegada.

Um homem de aproximadamente 50 anos, que estava umas quatro pessoas na minha frente, começou insinuar da demora no atendimento naquele Banco.

Progressivamente, outros que estavam na fila, ao redor e próximos dele, começaram participar daquela conversa com o referido "homem da fila". Cada um apresentava um fato e, o foco era a inoperância dos funcionários de Bancos.

Fiquei conversando com Deus, atento e considerando o que ouvia dos "enfileirados".
Falavam constantemente a frase: "É, naquele Banco tal é mais rápido... no outro Banco tal é bom... nesse aqui só tem recruta atendendo...

Sei que aqueles funcionários começaram com o Banco quando foi construído aqui há anos e, sei também que são bons funcionários, pois, por costume, observo como procedem quando eventualmente vou ali pagar alguma conta e, NÃO SÃO RECRUTAS.

Em determinado momento, considerando o que ouvia deles, o Espírito Santo disse bem audível dentro de mim:
"Se os outros Bancos são melhores, por que não vão para lá?"

Quando o Espírito Santo falou, entendi que algo iria acontecer ali. Deus estava naquela situação.
E, havia certa morosidade no andar da fila, mas, nada que reprovasse o profissionalismo daqueles funcionários.

Em dado momento, um dos caixas foi contar dinheiro na máquina contadora e, nesse momento, aquele "homem da fila" bradou: "Ei! você tem coragem de contar dinheiro na máquina enquanto tem uma fila desse tamanho esperando ser atendida? Isso não se faz. Isso não é hora para contar dinheiro!"

E o "homem da fila" perguntou ao caixa que estava contando dinheiro: Você pode atender as pessoas da fila?
E, com toda tranquilidade o caixa respondeu: Assim que terminar de contar o dinheiro eu atendo.
Parecia insensata a atitude do caixa, mas, quando Deus está num lugar, não é o que a aparência apresenta.

O caixa encerrou a contagem do dinheiro e foi para a sua cadeira, e, surgiu ali a gerente para observar o que estava acontecendo, por causa da manifestação do "homem da fila".

A gerente, com muita discrição observou a situação, entendendo apenas observando e, falou algo para o caixa e voltou para o seu lugar.

Um casal jovem chegou durante esses acontecimentos e, a jovem, trazia uma criança no colo. O rapaz sentou no sofá e a moça com a criança foi para a fila de "atendimento prioritário", por causa da criança.

Assim que o casal foi sair, o "homem da fila" esbravejou: " Tá vendo! Eles são os espertos. O cara senta no sofá e a moça vai para a fila com a criança no colo! Eu sou o tonto aqui. E eles saem ainda "tirando um sarro".

Enfim, chegou a vez do "homem da fila" ser atendido. Coincidência, o caixa que ficou livre era do funcionário ao qual ele havia dirigido a reclamação.

E, tudo o que aquele "homem da fila" queria fazer estava embaraçado, pois o caixa dizia para ele: "Não dá, o senhor está sem crédito. Não há como debitar isso."

E, aquele "homem da fila" ficou aproximadamente 15 minutos somente em argumentações com o caixa e, não conseguiu pagar sua conta, pois não possuia saldo e teve que sair dali e ir resolver antes junto ao caixa eletrônico o problema e somente depois seria atendido pelo caixa.

Aí eu perguntei para o meu Deus: Qual é o mistério do que se passa aqui?

As pessoas que vivem pela Lei do Velho Testamento e não pela graça, quando chegam diante de Deus Pai e do Senhor Jesus em petições, falam dos seus direitos, falam do que merecem receber, falam de como devem ser atendidas, exigem que sejam atendidas com emergência, determinam o que querem e como querem para satisfazer seus interesses, reclamam mais atenção de Deus Pai e de Jesus Cristo...

Mas, como o "homem da fila", chega para pagar a dívida, certo de que tem algo em caixa, mas, ouve a frase: 

"Você está sem crédito. Não há como saldar sua dívida."

Mas, o "homem da fila" não ficaria horas ali se não tivesse certeza de que haveria crédito na sua conta.

O "homem da fila" não se submeteria a questionar a conduta de aparente irresponsabilidade daquele funcionário se soubesse que estava sem crédito e que mais adiante teria de ficar diante dele e, esse mesmo que recebeu a admoestação disse:
"O senhor não tem crédito, está sem saldo positivo, não é possível pagar sua conta."

Mas como? dizem aqueles que vivem pela Lei do Velho Testamento:
Sou dizimista fiel! Guardo o Sábado! Guardo os dez mandamentos!

Pois é, naqueles Bancos que o "homem da fila" disse que eram melhores, lá eles vivem pela Lei do Velho Testamento e as coisas parecem que fluem bem, entretanto, esses Bancos não são reconhecidos e nem verdadeiros.

Mas, diante do Deus da graça, se você agiu como um legalista que, pelo fato de ter dizimado, guardado o sábado, guardado os dez mandamentos da Lei, Ele simplesmente dirá:
Você pensou que tinha, mas nunca teve crédito, porque:
 

O Evangelho de Jesus Cristo é somente pela GRAÇA.

Carta aos Gálatas, capítulo 5, versículo 4, diz:
"Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei: Da graça tendes caído."

...Paz ao seu coração. 

Sergio Luiz Brandão

28 janeiro 2011

Copa de 2006 - O mundo não viu, o quintal da minha casa.



Quando, durante o jogo fatal do Brasil com a França, o Espírito Santo fez que eu permanecesse no quintal da minha casa.

Há tempos que havia deixado de assistir futebol e eu era muito praticante desse esporte, antes de nascer de novo em Cristo.

Então, no quintal, estava ali meditando, mas havia um terrível incômodo no espírito e, em dado momento o Espírito Santo me levou a fazer a seguinte oração:

"Em nome de Jesus, essa sujeira do "mundo do futebol" que tem entrado na Igreja Evangélica, seja repreendida e, os movimentos de Igrejas que estão se envolvendo com essa Copa, perdendo a posição de Igreja, sejam repreendidos em Nome de Jesus Cristo." Ao encerrar a oração o Espírito Santo falou: "O Brasil vai perder."

Em seguida perguntou-me: "O (nome do famoso jogador) deixaria tudo para me servir? "

Permaneci meio com o coração apertado considerando a pergunta, mas o Espírito Santo completou: "Certo que não."

E várias igrejas promovendo um "grande erro", alimentando o pecado para dentro e fora da Igreja com montagem de telões... etc... etc... centralizando o seu "ídolo": (nome do famoso jogador).

Fiquei muito aborrecido diante de toda essa verdade e sabia que: Se o Espírito Santo disse, iria acontecer. A Igreja idólatra e cega, perdida como o mundo, alimentando o erro em favor de satanás.

Continuei no quintal, adorando e orando e, sentia no ar o peso de um "mundo perdido" pelo seu próprio fascínio, gritos de torcedores, rojões…

O pior: A Igreja, que se diz evangélica, se perdendo junto da perdição. Mas Deus iria entrar com a providência e quebrar o maldito fascínio.

Depois, soube da notícia: O Brasil perdeu.

E Deus estava ali, o Dono de tudo estava comigo no quintal da minha casa, entretanto, o mundo e a Igreja, distraídos e fascinados com outra coisa... perdidos…

Os seguidores da Igreja, que se diz evangélica, nos dias de hoje, são apóstatas, são idólatras, envolvidos e seduzidos com todos os tipos de coisas malignas, mas, que dão a aparência de que não há nada errado. Não há nada errado segundo o evangelho dos espíritos enganadores e de demônios que falam através desses denominados líderes evangélicos. Os atos promovidos com multidões estão revestidos de interesses escusos e troca de favores políticos e mercadológicos.

Existem muitos reais e sinceros filhos de Deus no meio dessa massa misturada e corrompida que precisam sair e viver para Cristo e, não, para homens corruptos e falsos irmãos, que blasfemam da Palavra de Deus, fazendo do nome de Jesus e dos filhos de Deus um grande mercado.

Hoje, com entendimento, sei a razão do Senhor jamais ter permitido participar de uma Marcha para Jesus. Diante dos céus não tem valor algum.

Ou cremos na Palavra de Deus e no seu Espírito Santo que ensina todas as coisas, ou, seremos "nada".

Troféu consagrado dentro da Igreja.

O tempo passou depois disso e, em 2008, o jogador (nome do famoso jogador) disse que "consagrou" um troféu para Deus, por causa das suas conquistas e, esse troféu será doado para uma igreja, ficando em exposição. Entendo que (nome do famoso jogador) disse isso porque ele aprendeu assim dos seus doutrinadores.

É assim como as coisas caminham.

Primeiro: diante da Palavra de Deus, um troféu é um altar da idolatria daqueles que conquistam coisas deste mundo, ou seja, é um símbolo do "poder do homem" por suas vitórias.

Há todo o tipo de manipulação mafiosa dentro dos bastidores do futebol para que isso aconteça.

É muito dinheiro envolvido. Os altos e absurdos salários dos jogadores e todo o investimento são de procedência duvidosa. O meio esportivo conhece isso, mas é um silêncio conveniente.

As pessoas sem Deus e, que ainda vivem escravizadas pelas coisas deste mundo, torcem por algum time, se vangloriam de torcerem e "lutam por esses times", idolatram jogadores e clubes.

Você conhece algum líder evangélico que ainda torce por algum time e acorda de madrugada para assistir jogo de futebol ou corrida de Fórmula 1?

Se a glória é de Deus, para que serve o altar da idolatria?

Quando homens ou times, independente do tipo de esporte, são idolatrados eles são transformados em altares da idolatria.

Adorar (torcer pelo time ou jogador) os altares da idolatria é como feitiçaria.

Por isso as coisas nos dias atuais vão de mal a pior.

Segundo: não se consagra coisas dessa vida para Deus, a única consagração que Deus recebe é de sua alma, sua vida.

As demais coisas podem ser "separadas ou apresentadas", disponibilizadas para serviço na obra de Deus nessa terra.

O troféu traz glória ao possuidor dele, é honra de homem, mesmo que "consagre, separe ou apresente" para Deus, Deus não recebe tal altar da idolatria e, muito menos, se colocado dentro do lugar onde seria para congregar os filhos de Deus, em outras palavras, num paralelo, é uma profanação do templo (não confundir pois os prédios não são templos) com idolatria e coisas imundas.

Se, na Copa de 2.006, por causa da conduta do povo evangélico verdadeiro, que está no meio dos falsos, para livramento, Deus agiu, e fez o Brasil perder e sair, o que será dessa vez, por causa desse ato? Deus limpou de um lado, mas, refizeram o pecado de outra maneira.

Estratégia para segurar o povo, aumentar a arrecadação e... agravar o pecado e blasfêmia!!!

No mundo, isso dá certo, é o mundo, mas, usar a igreja e o nome de Jesus Cristo para tais "estratégias"... é só aguardar.

As lições e apertos de Deus não resolveram/resolvem?!!!

Se acontecer algo ruim, certamente, usando a frase de efeito astuta, o inimigo será culpado... foi perseguição do inimigo... o inimigo está furioso…

E Deus? Deus não fica furioso com filhos(?) desobedientes e recalcitrantes e os entrega nas mãos do inimigo? Deus não fica furioso com homens e mulheres que se dizem de Deus e de Jesus Cristo, mas usam o seu santo nome em vão? Certo que sim... Deus não fica irado quando escandalizam e enganam seus filhos (filhos de Deus) que são sinceros como crianças mas que não possuem o entendimento?

E também, Deus confunde os enganadores que querem se passar por filhos... Veio na lembrança (nome de um famoso corredor de fórmula 1)... Uma história se repetindo... Quando deveriam iniciar a desaceleração, estimularam acelerar mais... mais... mais... Deus teve que brecar tudo... digo isso por revelação que tive do que passou. A Igreja que se diz evangélica até planejava entrar para a Fórmula 1, com um carro "patrocinado".

Quando uma Igreja, que se diz evangélica, tem espírito de cobiça, avareza, luxúria, mentira... ao invés de destruir o mal, alimenta, ainda mais, para a destruição e perdição eternas.

Por isso, nesses lugares, querem sempre mais, mais... mais... ser mais, ter mais... DAS COISAS DESSA VIDA... SER RECONHECIDO PELA GLÓRIA DESSA VIDA... mais... mais…

Então, Deus tem que entrar, fazer o papel de "ruim" e acabar com a festa dos cegos e perdidos líderes que conduzem um rebanho cego... ISSO É PALAVRA DE DEUS. DEUS NÃO MUDOU.

Você que é crente, não se deixe ser seduzido por essa "aparência".

Conforme a Palavra de Deus, multidão não significa que Deus está com o povo.

Mateus 7:21, 22, 23, diz:

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. 
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci, apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade."

Quer argumentar? Isso é o que diz a Palavra de Deus.

Boas obras? Até o ímpio faz. Amar o próximo? Até um criminoso dentro da cadeia faz, mesmo que tenha cometido crime e não seja crente.

Enfim, lendo e meditando na Palavra de Deus, a igreja que se diz evangélica é, hoje, algo muito terrível espiritualmente. Igreja do "vale qualquer coisa" usando o nome de Jesus, vivendo as perversões condenadas da idolatria, paganismo, legalismo judaico, espiritismo, feitiçaria, inveja, cobiça. A apostasia já chegou e quem teme ao Senhor Deus e Pai e ao Senhor Jesus Cristo não compactuam com essa fachada, que na verdade real é a "heresia evangélica"

A emergência é resgatar os sinceros que estão cegados por enganadores lobos e corruptos de entendimento bíblico que não possuem temor a Deus e, falar mentira, já é normal…

Resisti para escrever isso, mas, não posso resistir ao Espírito Santo.

Sergio Luiz Brandão

O mancebo rico. Evangelho de Lucas 18:18



Hoje, 24 de julho de 2007, acordei pela madrugada e fiquei meditando na Palavra de Deus.

A maravilhosa Palavra de Deus. Os diálogos de Jesus Cristo são como "flechas certeiras".
Sinto a virtude do Espírito Santo escrevendo essas linhas.

Enquanto meditava veio a lembrança sobre o mancebo rico.
No Evangelho de Lucas, capítulo 18, a partir do versículo 18, um diálogo é iniciado.

Um mancebo, um jovem rico e Jesus.
Esse jovem perguntou para Jesus sobre o que deveria fazer para herdar a vida eterna.
Esse jovem já guardava os mandamentos e, Jesus lançou a "flecha que acerta o alvo".

Lucas 18:22, diz: "... Ainda te falta uma coisa: vende tudo quanto tens, reparte-o pelos pobres, e terás um tesouro no céu; vem, e segue-me."
A Bíblia diz que, o mancebo, após ouvir essas palavras, ficou muito triste, porque era muito rico.

Há pregadores e ensinos bíblicos que tentam "amenizar" essas palavras de Jesus ditas em Lucas 18:22.
Tipo: "não foi bem isso que o Mestre quis dizer". Será?

Enquanto meditava, perguntei ao Deus da minha vida, qual o detalhe que não percebemos ainda nesta passagem bíblica?
 
A frase de Jesus é irretorcível? Tentar amenizar, é sensato? é certo?

Aleluias! Durante essas perguntas que fazia, veio a Palavra ao meu entendimento dizendo:
"Jesus, quando disse para o jovem vender tudo o que tinha, não estava medindo a riqueza material dele, mas estava vendo, onde estava a "glória" do jovem.
Quando Jesus diz para vender tudo o que tem e dar aos pobres, VERDADEIRAMENTE estava dizendo isso mesmo, sem "amenizar" nada.

O jovem deveria literalmente vender tudo o que tinha, dar aos pobres e seguir Jesus.

O nosso Senhor Jesus Cristo, por amor a nós, deixou a "Sua Glória" e se fez pobre, não pobre no sentido material, mas, nascer neste mundo é ser pobre, carne de pecado e enganos, mundo de corrupção que jaz no maligno.
A riqueza material deste mundo, conforme a verdade de Cristo, é NADA.

Nascer neste mundo esconde uma triste verdade. Jesus aniquilou a si mesmo sendo igual aos homens.
Filipenses 2:7,8, diz:  

"Mas, aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz."

Quando Jesus disse ao jovem para vender tudo, dentro da mensagem está embutida a verdade:
Jesus deixou a "Sua Glória" por amor de nós, e nós? Deixamos a mentirosa glória dessa vida, mesmo que seja o dinheiro do mundo inteiro, por amor a Jesus e seguí-lo? "

A Palavra de Deus não permite divagação emocional, teológica ou filosófica.

Quando o Senhor Jesus chama, vem embutido no chamado:
"Abri mão da minha Glória por amor de você.
Você abre mão da "sua glória" (que não tem valor algum) por amor de Mim?"

Mateus 10:39, diz: 
"Quem achar a sua vida perdê-la-á;
e quem perder a sua vida por amor de mim acha-la-á."
 
...Paz ao seu coração. 

Texto acrescentado em 26.12.2008
Veio mais ao entendimento, conforme exposição existente neste site, sobre os
10 Mandamentos da Lei de Moisés.

O jovem rico guardava os Mandamentos da Lei de Moisés, mas, o Senhor Jesus disse-lhe que, ainda, faltava uma coisa.

Mesmo guardando os Mandamentos da Lei de Moisés, não dava ao jovem rico, acesso ao reino dos céus.
O acesso ao Reino dos Céus é o Filho de Deus. O acesso ao Reino dos Céus é seguir Jesus e andar na sua Palavra.
A Lei de Moisés não salva, não dá acesso ao reino dos céus.

Igrejas que se dizem evangélicas, onde ensinam e pregam que, se não entregar os dízimos ou guardar sábados, entre outras leis interpretadas naturalmente (raciocínio ou entendimento de homem natural, não espiritual), pela letra morta, perde a salvação da alma ou Deus o acusa, isso é doutrina de demônio e blasfêmia contra Deus Pai.

Em Jesus Cristo, a Lei de Moisés passa para a interpretação revelada e não há mais o viver pela interpretação natural, conforme homem natural. A justiça e justificação não vem da Lei de Moisés mas da Graça em Jesus Cristo.

Jesus veio cumprir a Lei e, ao mesmo tempo, anular a Lei. Não é apenas, como normalmente aprendemos que, Jesus veio cumprir a Lei porque a Lei os profetas falam Dele. Não. Está errado esse argumento limitado que anula a real significação de que em Cristo, toda a Lei se cumpre.

Toda a Lei se cumpre porque, toda a interpretação revelada será manifestada em Cristo, na Nova Aliança, pela obra do Espírito Santo e, toda a interpretação natural, é encerrada em Cristo, pois, é a letra morta.

No Velho Testamento está oculta e encoberta toda a riqueza e glória da interpretação revelada para a edificação da Igreja pelo Espírito Santo e não pela letra morta.

Todo o ensino para a Igreja, na Nova Aliança, vem da interpretação revelada do Velho Testamento.
Atentando para os ensinos dos verdadeiros apóstolos do Cordeiro, compreendemos que tiveram essa interpretação revelada pelas Escrituras.

Não é permitida a interpretação pessoal da Bíblia ( o que é comum nos dias de hoje, para a perdição ), mas, sim, a interpretação revelada pelo Espírito Santo que é seu único inspirador. 

Sergio Luiz Brandão

Duas vezes o homem viu que estava nu.



Na história da humanidade, desde a criação o mundo, conforme a Palavra de Deus, o homem foi duas vezes confrontado com a verdade "estar nu".

Na primeira ocasião, após a desobediência, os olhos de Adão e Eva se abriram e, viram que estavam nus.

Aqui, a máxima que o próprio Deus fala no livro de Gênesis, capítulo 3, versículo 11, diz: " E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses? "

Deus pergunta: QUEM? Quem te mostrou que estavas nu?. 
Deus está se referindo "ao espírito" que mostra a nudez do homem e da mulher. 
Que espírito é esse?

O tempo passa e, nasce o Salvador do mundo, nosso Senhor Jesus Cristo.

E, mais uma vez, agora em sentido inverso, pela revelação da verdade pelo Espírito de Deus, o homem descobre, mais uma vez, que está nu.

Na primeira ocasião, o homem só compreendeu pela visão natural a sua nudez, MAS, ainda não sabia, que "continuava" completamente nu, sem as vestes do céu.

As vestes do céu, vestes de salvação, vestes brancas, sem pecado, sem corrupção, somente através de Jesus Cristo o Senhor.

Por isso há um estudo neste site que fala sobre "Carne e sangue não herdam o Reino dos Céus", ou seja, a natureza carnal, natureza original "deste mundo", jamais poderia entrar no céu, porque no céu não entra corrupção e, consequentemente, o homem, por ter natureza terrena, não sendo santo e nem tendo sido santificado por Deus quando foi criado, não poderia ter acesso ao céu. (só o sábado foi santificado, mas não alimento aqui a esperança da heresia adventista)

Adão não foi santificado e nem era filho de Deus.

Enfim... em duas ocasiões o homem viu que estava nu. 
Na primeira vez, Satanás foi o promotor da desobediência. 
Na segunda vez, Jesus Cristo foi o promotor da obediência.

Na primeira vez os olhos abriram para a Morte, para a verdade deste mundo, sem entendê-lo e amando-o. 
Na segunda vez os olhos abriram para a Vida, para a verdade deste mundo, entendendo e passando a desejar o Céu.

Grande é esse mistério, sabedoria de Deus e plenitude que homem não pode alcançar.

...Paz ao seu coração.

Meditações que surgiram enquanto escrevia a mensagem: 
- O corpo de um anjo é espiritual e sem corrupção (Hebreus 1:14); 
- Os corpos dos anjos são gloriosos e sem corrupção; 
- Os anjos possuem olhos espirituais e podem ver a nudez; 
- Os anjos têm os olhos abertos e conhecem o bem e o mal, mas, não se "alimentam" do mal; 
- Adão e Eva com os olhos naturais não viam a nudez, porque estavam cegados para o "conhecimento" de seu estado "real e natural terreno"; 
- Os anjos de natureza espiritual gloriosa, sem se "alimentarem" da árvore do conhecimento do bem e do mal, já possuem esse conhecimento, mas, são incorruptíveis, enquanto que, Adão e Eva, em natureza carnal corruptível, tiveram conhecimento do mal se "alimentando" da árvore do bem e do mal; 
- Não havia vergonha entre Adão e Eva, não havia conhecimento do mal, mas, os corpos estavam verdadeiramente nus e, isso é "originalmente mal", diferente do estado original dos anjos, que é corpo sem corrupção, espiritual; 
- Adão e Eva, estando em corpo carnal, não havia glória de Deus neles, pois, o corpo carnal é corruptível, diferente do corpo espiritual dos anjos; 
- Corpo espiritual só fica nu se perder a incorruptibilidade e vestir de corruptibilidade; 
- O corpo espiritual, sem as vestes espirituais, é vestido de outra natureza, ou seja, a natureza carnal.

Sergio Luiz Brandão

Evangélicos garotos e garotas-propaganda - O santo e o profano.



EVANGELHO DESVIADO...

Há certas pessoas que se dizem "evangélicas" que precisam decidir, pois: De uma fonte, só pode sair "um tipo de água".

Homens e mulheres que se dizem de Deus, além de estarem transformando a Bíblia em "Livro de opiniões", usam todas as astúcias de marketing e propaganda para "aliciar" os evangélicos ingênuos e bobos, para venderem seus produtos.

A rádio 195.7 Musical FM tem pessoas que chegam a ser ridículas em vista da falsidade e hipocrisia.

Alguns defendem que um crente pode ser "falso" quando representa, individualmente ou fazendo "teatro" com outra pessoa para vender um produto, porque a rádio precisa ser mantida no ar, etc, etc, etc...

Esse é o típico argumento mundano de quem não teme a Deus e, pensa que Deus se agrada de mentira e falsidade. 

Podemos negar a Deus de muitas maneiras e, essa é uma delas: dissimulação, falsidade e hipocrisia, para seduzir e induzir os "bobos" a comprarem suas mercadorias. Hoje, "crente" é fatia de mercado, no alienante mercado evangélico, mercado gospel.

Para fazer a propaganda colocam uma música de fundo adequada para "fazer um clima" e chegam até a chorar para vender o seu "produto". 

Logo em seguida, estão pregando a Palavra como se, antes, não tivessem agido como falsos ardilosos vendedores como o mundo faz.

Surge uma questão: Em qual situação estão falseando? 

E, se vier aperto de Deus (porque Deus não é bobo), para não assumirem a culpa, vão dizer que os irmãos é que não ajudaram a manter a rádio ou que o inimigo é que está furioso com a "obra". 

Aliás, os programas da rádio Musical estão bem parecidos com os cultos das igrejas que se apresentam ali, o tempo maior é para aliciar você a dar dinheiro e a menor parte é para falar da conduta sem pecado que um crente deve buscar conforme a Palavra de Deus. 

As passagens bíblicas mais usadas para arrecadar dinheiro são:
- Os valentes de Davi; Os 300 de Gideão; Os dois espias valentes, Josué e Calebe. 
Em seguida usando de astúcia diabólica, visam convencer o ouvinte que ele é um desses personagens bíblicos que, com coragem e ousadia, doam dinheiro.

Profetizam para qualquer um que dá dinheiro. 

Aqui uma pausa...
Hoje, a "onda" é sair profetizando qualquer coisa como se todos tivessem esse dom e "poder".
Grande mentira. A profecia só pode ser manifesta "se vier de Deus" para ser falada.

Ir além disso é querer "ser Deus", ou seja, Deus não precisa dar a palavra com profecia, a própria pessoa "já cria a profecia tomando o lugar de Deus".

Esse tipo de conduta tem origem em satanás, pois, progressivamente, o entendimento vai sendo cauterizado e o espírito dominado conforme a mentira do inimigo. Qual é o maior desejo do homem sem Deus e de satanás: "Ser Deus".  

Fazem as "revelações" do óbvio indutivo, tipo: "Neste momento Deus diz que tem 50 empresários que estão dispostos a contribuir com o programa... com a Igreja..."

Usam todos os ardis possíveis dentro das passagens bíblicas misturando o "sentimentalismo" diabólico para induzir e seduzir o ouvinte.

Chega ao ponto de serem comparados aos mais inescrupulosos vendedores de mentiras e ilusões conforme o mundo.

Ao invés de despertarem a simplicidade do crente, conforme a verdade do coração de Cristo, ao contrário, procuram despertar o espírito consumista, vaidoso, cobiçoso, mundano e avarento das pessoas, induzindo o "aliciado" a contrair dívidas, dar cheque pré-datado, etc etc etc.

Procuram direcionar suas mensagens para as "donas de casa", pois são mais acessíveis a serem malignamente induzidas a se submeterem às espertezas dos "irmãos vendedores".

Os testemunhos de ouvintes são aqueles do tipo: "SOMENTE DEPOIS QUE CONTRIBUIU DEUS ENTROU COM PROVIDÊNCIA."
Que Deus mercenário não é? Deus só ouve com dinheiro na mão.

Conforme a verdade da Palavra, são escravos da Lei, da falsa graça e do falso evangelho de Jesus Cristo.

Por esse "espírito" viverão. Espírito enganador. 

Uma pausa...
Lembro-me agora de um fato. Eu estava em uma loja de livros evangélicos e uma vendedora (entre tantas) sempre dizia que os livros ali eram bons.
Em determinado momento, com o Espírito Santo já incomodado, olhei para a irmã em Cristo e perguntei:

"Você consegue ser vendedora e crente ao mesmo tempo? "

Momentos depois ela veio a mim chorando pedindo que orasse por ela, porque queria deixar aquele tipo de serviço e, como filha de Deus, não estava aguentando continuar sendo hipócrita, tendo em vista que essa era a orientação que tinha de seus superiores (evangélicos) para "vender livros", ou seja, "tudo é bom", empurre a mercadoria.

Ela saiu daquele emprego... pois filho de Deus não é hipócrita, falso ou dissimulador.  



Se querem ser garotos e garotas-propaganda, deixem o rebanho de Deus para os filhos de Deus cuidarem.

Deixem a obra de Deus de lado e sejam empregados em empresas "no mundo" onde é permitida essa conduta e aproveitem bem, MAS, deixem Jesus e Sua Igreja em paz, pois Ele não compactua com espírito enganador.

Ou pensam que isso vai ficar "sem recompensa"?

Se a rádio é "evangélica", façam que seja, pois, o que está aí é igual a programação da Rede Record: Vale tudo, importa é o dinheiro na mão. Hipócritas e mercenários da fé.

Pessoas que se dizem de Cristo e são piores que o ímpio e, diante da Palavra de Deus já estão julgados.
E você, que conhece a Palavra de Deus e, ainda alimenta esses lobos e mercenários, está em pecado com eles.

Agora, vou entrar no assunto "adoração do crente":
Na rádio musical tem o programa do pastor Paulo Lutero de Melo, da Igreja O Brasil para Cristo (tenho uma citação sobre o discipulado aos novos convertidos de uma das igrejas desse ministério no assunto "Dízimos" - "sem dízimo você vai viver um inferno aqui e sem salvação").

Um homem que deveria ensinar as coisas de Deus e exaltar somente o que "vem do céu" para edificação do Corpo de Cristo, que deveria ensinar e dar entendimento entre o que é santo e o que é profano, nos seus programas, exalta o profano em detrimento do que é santo, nivelando tudo.


Fala de um "Cirque du Soleil", como se tivesse assistido um culto evangélico. Será que ficou cheio do Espírito Santo ou de "outro espírito"?


Terreiro de outros deuses e igreja de Jesus Cristo estão no mesmo nível?

Uma exaltação ao homem e ao profano. Quem não discerne entre o santo e o profano agrada "qualquer ouvinte", apresentando seus "gostos" e evangelho pessoal.

Escrevo essas coisas porque o "crente", que foi retirado do mundo para ser santo, precisa acordar e não ficar se contaminando com aqueles que possuem "status" de líderes, mas que não se converteram ao único e verdadeiro Deus.


E, quando são observados sobre suas condutas pecaminosas, como faço agora, usam a Palavra de Deus para se defenderem dizendo que "estão falando mal do irmão", "levantando contendas", "não toque no ungido" ... enfim, essas frases bíblicas decoradas para que o pecado e o profano permaneçam firmes dentro do lugar onde somente o único Deus verdadeiro deveria ser exaltado.


Quando a carne e o profano são exaltados, a soberba está no coração!


Quem não discerne entre o santo e o profano poderia ensinar a Palavra de Deus conforme realmente é?


Há também outros ministérios em outras rádios, tipo Igreja Universal do Reino de Deus que fazem o que irei escrever em seguida e tantos outros que, basta mudar o tema, caem nos mesmos pecados e profanações.

Aqueles que saem do que pertence a Deus e entram em apresentar "coisas do mundo", conforme o espírito do mundo, para entretenimento dos ouvintes, tocando músicas seculares de origem espiritual "do mundo", ao invés de música de origem espiritual "do céu".

Falam e tocam músicas dos cantores e compositores incrédulos, exaltado-os como se fossem crentes, nivelando o que é santo com o que é mundano, incrédulo, como se ambas as fontes de inspiração fossem as mesmas.

Exemplo, falam de Rolando Boldrin, Renato Teixeira e outros artistas, colocando-os ao nível de um ungido para adorar a Deus com cânticos inspirados pelo Espírito Santo.

Então, partindo dessa forma de entendimento, o rei Davi pode ser nivelado aos seresteiros incrédulos dos "botecos deste mundo"?

Qualquer incrédulo, artista ou não, que não se converter ao Evangelho de Jesus Cristo a perdição eterna aguarda-o.
Ao invés de tocar a música de incrédulos, como se isso tivesse qualquer utilidade, glória ou boa obra, pregue para esses o Evangelho dizendo que se não se converterem a Jesus Cristo, a perdição aguarda-os.

Para alguém ser filho de Deus e receber inspiração do Espírito Santo para adorar a Deus, Jesus teve que sofrer e ser levado à morte. Os poetas incrédulos têm o mundo e seu espírito como inspiração.
O espírito do mundo, que inspira os do mundo, (se é que não sabem ainda) é o espírito de Satanás, o mesmo que condenou Jesus para ser crucificado.
Pergunta para os incrédulos se querem receber a salvação de Jesus Cristo e andar conforme a Palavra de Deus.

Querem continuar nivelando o rei Davi ou outro ungido de Deus, com um famoso artista incrédulo, idólatra e sem Deus?

Assim, o Espírito Santo que, já estava num canto... está certo de que é hora de deixar essas pessoas aos seus interesses conforme o mundo gosta.

E a hipocrisia é, depois de tudo isso, chamar o povo para orar!!! PARA QUÊ?
Adianta tomar banho e depois se jogar na lama?
Evangelho segundo pastores enganados e enganadores.

Se, no programa de rádio, que deveria ser evangélico, tocam essas músicas, qual a diferença em tocar essas músicas profanas dentro da Igreja?

Convidem então os músicos "sem Jesus" para fazerem um show em suas igrejas para alegrar os irmãos e exaltar...
Convidem o cantor Renato Teixeira que canta "Amizade sincera" para cantar "Romaria" na sua Igreja - a fonte é a mesma.

Ah! sim, na Igreja não pode? Ou o altar na Igreja é diferente do "seu altar"? Não se misturam as coisas, não é?
Mas contaminar os irmãos sem entendimento e arrastar os que aceitam qualquer evangelho com aparência de Jesus Cristo, isso não tem problema.
É igual praia? Andar sem roupa na praia pode, em casa e na Igreja não. Hipócritas!

Será que os anos de Palavra de Deus ainda não trouxeram ao entendimento que:
Bela música segundo Deus é uma coisa e, bela música segundo o mundo é outra?

Jesus comprou o homem por preço de Seu sangue para continuar exaltando "homens e seus espíritos", ou, comprou para "adorar a Deus"? Hipócritas !!!

Mas, esses apresentadores, conforme suas fraquezas, falseiam a verdade de Deus e transformam em evangelho mundano "SUTILMENTE".

Como já foi escrito, a Bíblia é agora um "Livro de Opiniões" e, esses "formadores de opiniões" estão criando seus próprios evangelhos:
Evangelho segundo seus "gostos musicais".
Evangelho segundo seus "interesses pessoais".
Evangelho segundo suas "fraquezas pessoais".
Evangelho segundo suas "cobiças pessoais".
Evangelho segundo suas "ignorâncias".

Para ser mais objetivo conforme a Palavra de Deus: Evangelho segundo o "espírito" que neles está.

Eles sabem o que fazem e Deus não tem mais valor algum. É a Babilônia evangélica.

A Palavra de Deus diz no livro do profeta Ezequiel, capítulo 22, versículo 26:
"Os seus sacerdotes transgridem a minha lei, e profanam as minhas coisas santas; entre o santo e o profano não fazem diferença, nem discernem o impuro do puro..."

E você? Quer ser conivente com eles? Decida-se enquanto há tempo, Deus já está julgando Sua Casa, mas nem perceberam.

OBS: Está julgando aqueles que ainda são da Sua Casa, pois há ovelhas perdidas, cegadas, escravizadas e dominadas no meio dos lobos, enquanto que, há igrejas que se denominam evangélicas, mas perderam ou nunca tiveram a graça de Cristo. São apenas aparências.
Como saber? É só ver o que ensinam e que fazem... DIANTE DA PALAVRA DE DEUS.

O jargão comodista e enganador, "Deus julgará", aqui não serve, conforme a verdade da Palavra de Deus.

...Paz ao seu coração.

Sergio Luiz Brandão
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ATENÇÃO!

Estou disponibilizando, alguns estudos em PDF para baixar em seu computador.
1-Para fazer download, basta clicar na foto relativa ao estudo.
2-O PDF será aberto.
3-Clique na flechinha para fazer o download.
Demora um minutinho, espere que ele abrirá uma janela, basta clicar em Ok.

Que Deus abençoe sua leitura.
Qualquer problema em abrir o documento, ou com o download, basta me escrever: através do formulário na coluna à direita.

Todos os Estudos são baseados nas Sombras das Coisas Futuras

Isaque o Unigênito de Abraão, no Contexto Igreja Livre e Igreja Escrava

Quando Deus Ouve e Atende a Voz de seu Povo para o mau.

A Bíblia diz que Adão não foi enganado quando pecou, Adão sabia o que estava fazendo.

Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo.

É Possível consultar os mortos como o rei Saul consultou o Profeta Samuel?

Os filhos de Deus Crentes, podem Frequentar Praia ou Festa do Carnaval?

Guardar o Sábado da Lei de Moisés

Divórcio e Novo Casamento, segundo a Bíblia Sagrada

Tatuagem e Piercing são lícitos aos filhos de Deus?

Image and video hosting by TinyPic

Doutrina da Santíssima Trindade Católica Apostólica Romana

Pedófilos e Pedofilia - Abusando de Crianças.

Image and video hosting by TinyPic

O Senhor Jesus Lavando os Pés dos Discípulos-Significado.

O Sábado Natural e o Sábado Espiritual

Igreja de Jesus Cristo nos Lares

A falsa doutrina do uso do véu pelas mulheres.

Quando Deus disse: Haja Luz-não foi criado o Sol, alguém nasceu.

O primeiro homicídio no Céu e o primeiro homicídio na Terra.

Carne e Sangue não Herdam o Reino dos Céus.

Primeira e Segunda mortes.

A mulher pode assumir a liderança na Igreja de Jesus Cristo?

As mulheres estejam caladas nas igrejas.

Jesus Cristo veio cumprir ou anular a Lei do Velho Testamento?

Batismo nas Águas e Santa Ceia do Senhor

A Separação dos Reinos.

Futebol e Idolatria Evangélica.

O Verdadeiro e os Falsos Fundamentos.

A Parábola das Dez Virgens