30 março 2011

Faz algum mal o crente ouvir música secular?


Resposta: Sim, hoje conforme a Palavra, sabemos que há discernimento espiritual em todas as coisas. Um texto importante está na primeira carta do apóstolo Paulo aos coríntios, onde o apóstolo faz uma exposição sobre "comparar" coisas espirituais com as espirituais.

1 Coríntios 2:10-16

"Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.    
Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. 
Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. 
As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. 
Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 
Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. 
Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo."

Só estou enfatizando esses versículos para fazer enfocar a expressão "comparar". Todo o capítulo é importante pois, a Bíblia, é uma só Palavra. A Bíblia não permite divagações. Essa passagem bíblica é aplicada em tudo, para interpretar e entender a Palavra como ela é. Por isso o perigo da ciência querendo explicar coisas espirituais.

Também, na epístola aos Efésios 2, vemos a Palavra do mesmo Apóstolo Paulo, referente aos que estão sem o novo nascimento e os que já nasceram de novo.

Espiritualmente são adversos. Um conforme o mundo, o outro, conforme Deus. O Reino dos Céus e o reino deste mundo. Não há comunhão espiritual, não se forma unidade com coisas opostas. Luz e Trevas.

Efésios 2:1 ao 7
"1-E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados,
2-em que, noutro tempo, andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que, agora, opera nos filhos da desobediência;
3-entre os quais todos nós também, antes, andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.
4-Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou,
5-estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos),
6-e nos ressuscitou juntamente com ele, e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;
7-para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça, pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus."


Assim, quando há a ressurreição em Cristo, pelo batismo nas águas e recebendo o dom do Espírito Santo de Deus, conforme ensina a Palavra, somos nascidos de novo, despojados da velha natureza e trazidos para a dimensão da glória, pelo poder do Espírito Santo de Deus, o mesmo poder que ressuscitou a Jesus Cristo, diz a Palavra.

Nascidos de novo, começamos a aprender, agora, com o Mestre e Senhor, que é de cima, é sobre tudo e sobre todos, cheio de glória , poder, justiça, amor em plenitude, honra, verdade e nele estão ocultos os tesouros da sabedoria. Quando desejamos mais e mais das coisas de cima, as coisas deste mundo são discernidas porque a sensibilidade do Espírito de Deus mais e mais te enriquece de separar/comparar coisas espirituais de espirituais.

Vou neste momento fazer uma exposição de algo que aconteceu comigo e, sei, trará amplitude para o que estamos aqui conversando:

Quando Deus começou a falar comigo a respeito do Blues, que é um gênero musical, tem uma origem, despertou um desejo de aprender tocar e entender melhor o ritmo através de leituras sobre teoria musical e prática. Pois bem, sabemos que podemos aprender teoria musical e ritmo sem precisar ouvir algo já existente, ou seja, procurar exemplos de autores que possuem suas obras musicais, precisamos sim da teoria e praticá-la (muitas vezes nem é necessária a teoria... simplesmente nasce) e fazer então fluir algo pessoal... que saia de você... usando aquele ritmo, sem precisar copiar algo de alguém ou tomar como estilo...

Então, na minha "vontade", sem outra qualquer intenção além de aprimorar meu conhecimento musical blues, só para atentar aos estilos sem querer saber das letras... só o instrumental... comecei ouvir blues através do rádio e, minha irmã, sabendo que estava fazendo isso, para melhorar meu conhecimento comprou alguns cds do Eric Clapton que só tinha blues.

Na internet baixei alguns MP3 que tinham também ritmos blues bases só instrumentais para treinar solo.

Eu notava um certo incômodo, desconforto, quando ouvia as músicas... mas não entendia ainda o porquê.
Passados alguns dias, fui constrangido pelo Espírito Santo a jejuar... não sabia por que... mas tinha de jejuar.

Orando e consagrando... quando então Deus falou que eu estava sendo contaminado por espíritos que estão na inspiração daquelas músicas porque elas têm origem espiritual.
Por isso comparar coisas espirituais de espirituais... elas se discernem.

E que eu deveria estudar a parte teórica como suficiente para conhecer o ritmo e, a inspiração, para as letras e arranjos dos cânticos viria somente Dele. Não deveria haver mistura... contaminação... cópia. Porque as coisas do Senhor são santas, por isso fomos santificados, separados, purificados, limpos, vasos consagrados para uso do maravilhoso e Santíssimo Deus de toda a Glória.

Assim, quando encerrei aquele jejum, pedindo perdão ao Senhor pela minha ignorância, busquei todo aquele material que havia juntado, que além de trabalho, tempo, houve gasto em dinheiro, desfiz de tudo no lixo sem dó ou questionar e tentar reargumentar com Deus.
E Deus falou que não se preocupasse com os gastos, que não havia perdido nada, muito pelo contrário, a lição foi manifestada, aprendida e a santificação foi mais e mais aperfeiçoada para a glória somente Dele.

O ciúme do Espírito Santo de Deus constrangeu ao jejum para operar essa maravilhosa obra... isso é glorioso... bendito seja o Deus eterno.

Quando desfiz... senti um "peso" ser removido... estava ali e eu não percebi.
Por isso, debates e questões que nós vemos todos os dias no meio evangélico tem levado a posicionamentos conforme o homem, conforme o "eu penso", "eu acho", "na minha opinião", "minha doutrina, minha igreja"... e por aí vai...

NÃO É MAIS: A PALAVRA DE DEUS DIZ QUE...

Na Bíblia, nos exemplos dos homens e mulheres de Deus... sempre havia oração, jejum... quando surgia qualquer questão nova e dependia de SOMENTE DEUS responder.

Porque não estamos tratando de coisas à toa, estamos consagrados como filhos de Deus para ouvir e proceder conforme a voz do Deus Amado. Para A VIDA. 

 
Ilustrando:
Vem agora que... há diferença extrema entre o que é santo e o que é secular e mundano e, se alguém mistura, certamente nisso há pecado e blasfêmia.

Por exemplo, hoje em dia, reverendo Caio Fábio, pastor Paulo Lutero de Melo do Brasil para Cristo e outros, falam que o importante é que a música seja boa, secular ou sacra, ou seja, o santo e o profano se nivelaram e, o Espírito Santo foi nivelado ao espírito do mundo.

A fonte de um crente verdadeiro tem um único nome: Espírito Santo de Deus.

Senão, os salmos de Davi, cheios de glórias e revelações que só podem receber quem tem o Espírito Santo, que custou o sangue de Jesus, seriam nivelados a qualquer canção de boteco ou uma música de orquestra tocada "por homens", sabendo que, toda inspiração tem um espírito como fonte.

É... esses são os condutores do povo que se diz de Deus... 

Sergio Luiz Brandão

O Divórcio é permitido ou não por Deus, conforme a Bíblia Sagrada?


Desejo que esteja bem, pela graça de Deus Pai e Jesus Cristo, o Senhor.

Resposta: Na Bíblia Sagrada vamos encontrar as passagens que sustentam as convicções doutrinárias divergentes sobre o tema Divórcio e Novo Casamento.

Irei transcrevê-las:
1 Coríntios 7:39, diz: 

"A mulher casada está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive;  mas, se falecer o marido fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor. "

Evangelho de Mateus 5:31 e 32, diz:

"Também foi dito: Qualquer que deixar sua mulher, dê-lhe carta de desquite (divórcio).
Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher,
a não ser por causa de prostituição,
faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério."

Evangelho de Mateus 19:9, diz:

"Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de prostituição, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério."

Antes de entrar nas considerações, farei uso do dicionário:
Entender os significados básicos das expressões auxilia na compreensão.

. Adultério: Infidelidade conjugal. Relação sexual de pessoa casada com outra que não seja seu cônjuge.
. Adúltero: Que pratica adultério.

. Fornicação: Relação sexual de pessoa não casada, com pessoa casada ou não.
O adultério é o pecado de pessoas casadas com outras que não são seus próprios cônjuges.
. Prostituição: Entregar à devassidão por dinheiro, comércio habitual ou profissional do amor sexual; corromper, desmoralizar; deixar-se corromper por suborno de favores.
Degradar, aviltar, desonrar. Entregar-se sexualmente por dinheiro ou por vantagens materiais.
. Devassidão: Qualidade de quem ou do que é devasso. Depravação dos costumes. Libertinagem, desregramento da conduta.
Liberdade excessiva contrária a decência, ao pudor. Dissoluto. Vulgarizar.

. Degradar: Destituir de grau, dignidade ou cargo, de maneira infamante.

. Envilecer: Tornar vil, desprezível, aviltar, desonrar; vender por importância vil; baratear; Perder o valor.
. Corromper: Perverter física e moralmente; alterar, adulterar; subornar, peitar; apodrecer, deteriorar, perverter, depravar.
. Adulterar: Alterar, falsificar, corromper.

. Profanar: Desrespeitar o caráter sagrado; tornar impuro, ofender, macular, transgredir, violar.

Devemos meditar com atenção quando estamos considerando as coisas da Bíblia, porque há a interpretação pelo Espírito Santo, conforme o que Deus quer trazer ao entendimento pela Sua Palavra inspirada e, a "outra interpretação", natural, científica.

Vejamos a passagem da carta do Apóstolo Paulo aos Romanos, todo o capítulo 7, mas neste momento destacarei os versículos 1, 2, 3 e 4 - já me antecipo que não estarei tirando texto de contexto, estarei SIM, confirmando o contexto.
Os versículos 1, 2, 3 e 4:

"Não sabeis vós, irmãos (pois que falo aos que sabem a lei), que a lei tem domínio sobre o homem por todo o tempo que vive?
Porque a mulher que está sujeita ao marido,
enquanto ele viver, está-lhe ligada pela lei; mas, morto o marido, está livre da lei do marido.
De sorte que, vivendo o marido, será chamada adúltera, se for doutro marido; mas, morto o marido, livre está da lei, e assim não será adúltera, se for doutro marido.
Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo para que sejais doutro,
daquele que ressuscitou de entre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus."
Agora, repito 1 Coríntios 7:39, diz: 

"A mulher casada está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive;
mas,
se falecer o marido fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor."


A Palavra de Deus sempre traz o paralelo:
JESUS CRISTO - IGREJA « - » MARIDO - ESPOSA.

Essa base sustenta qualquer meditação nas coisas ligadas ao assunto relacionamento marido - esposa.

Quando o Apóstolo Paulo considerou em Romanos 7:1,2,3 e 4, entrou diretamente em 1 Coríntios 7:39.

Quando Jesus veio para a sua esposa, Israel que vivia pela Lei, ela recusou.
Jesus estabeleceu a nova Lei, a Nova Aliança, o Novo Testamento, mas sua esposa, Israel, rejeitou-o.

A partir do momento que Israel/Igreja/Esposa do Cordeiro, rejeita seu legítimo esposo, passa a ser adúltera, ou seja, vive com outro homem que é a Lei do Velho Testamento.
Israel continua vivendo pela Lei do Velho Testamento e não pela Graça.
Como uma esposa adúltera. Que se prostitui com outro homem,
A LEI.

Assim, começa a nascer a verdadeira Igreja, a Noiva do Cordeiro, pela fé pelo Espírito de Deus.

Por isso Paulo diz que, morto o marido, está livre da lei do marido (v.2) e, no versículo 4 acrescenta:

Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo para que sejais doutro, daquele que ressuscitou de entre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus.

No livro do profeta Isaías, capítulo 1, versículo 21, diz:
"Como
se fez prostituta a cidade fiel! ela que estava cheia de retidão! A justiça habitava nela, mas agora homicidas."

No livro do profeta Jeremias, capítulo 3, versículo 8, diz:
"E vi, quando por causa de tudo isto, por ter cometido
adultério a rebelde Israel, a despedi, e lhe dei o seu libelo de divórcio, que a aleivosa Judá, sua irmã, não temeu; mas foi-se e também ela mesma se prostituiu."
No livro do profeta Miquéias, capítulo 1, versículo 7, diz:
"E todas as suas imagens de escultura serão despedaçadas, e todos os seus salários serão queimados pelo fogo, e de todos os seus ídolos eu farei uma assolação, porque do preço da sua prostituição os ajuntou, e em recompensa de prostituta se volverão."
Agora, podemos ligar a expressão prostituição, de que falam os textos no Evangelho de Mateus 5:31 e 32 e 19:9, escritos acima.

Jesus divorciou-se da Velha Israel da Lei e casou-se com a Nova Israel da Graça.

A Velha Israel da Lei tornou-se prostituta, pertencendo a outro marido,
A LEI.

Nos dias de hoje, se uma congregação, ministério ou individualmente, estiver se prostituindo espiritualmente com o mundo, andando conforme o mundo, fazendo abominações em negócios, políticas, conforme os moradores da terra (expressão muito usada por Deus); se estiverem debaixo do jugo da Lei do Velho Testamento, é um povo espiritualmente prostituído e, se não arrependerem do caminho errado, receberão carta de divórcio do Senhor.

Há aqueles que já se perderam e os que estão perdidos que podem voltar.
Quando um líder ministerial usa a Igreja de Jesus Cristo para barganhar troca de favores em negócios, política etc, ele está submetendo o Corpo - Igreja à prostituição.

Por isso a Igreja não deve se submeter em política, servindo de palanque, mesmo se o candidato é crente.  

Aquele que se une a uma igreja que o Esposo deu carta de divórcio por causa da sua prostituição, faz com ela um só corpo.

Nessa igreja, aparentemente, tudo está normal, mas a graça de Cristo, já perdeu.

Esse entendimento você lê na primeira carta do Apóstolo Paulo aos Coríntios, capítulo 6, versículos 12 a 20.
Destaco os versículos 15 e 16
: 

"Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei pois os membros de Cristo, e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não por certo.
Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne."


Mais uma vez digo, não é texto fora de contexto, isso é a interpretação de coisas espirituais pela Palavra de Deus inspirada.

O texto de 1 Coríntios 7:39, apesar de omitir a circunstância de ocorrência da prostituição, não quer dizer que desautoriza, simplesmente não abrangeu expressamente. Senão, Jesus seria mentiroso.


Entretanto, a expressão prostituição está embutida no texto! ONDE?
Repetindo 1 Coríntios 7:39, diz: 

"A mulher casada está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive;
mas, se falecer o marido fica livre
para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor."
Sim, A LEI.

Quer ver um outro texto que mesmo não citando a prostituição, autoriza a separação?
Vejamos 1 Coríntios 7:15 que diz: 

"Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou irmã, não está sujeito à servidão: mas Deus chamou para a paz."
Mas, você identificou onde está incluída a prostituição no versículo acima? Sim,
O DESCRENTE.

Mas, também, e, necessário, que o cônjuge descrente seja santificado pelo cônjuge crente. (1 Coríntios 7:12 - 16)

Certamente, não há como torcer os textos e a real interpretação das coisas espirituais.

Trazendo isso para o relacionamento marido - mulher, é o mesmo entendimento.


Divórcio e novo casamento são permitidos, conforme a Palavra de Deus.
MAS, SOMENTE, quando ocorre a prostituição.

Prostituição, do
corpo carnal, e do corpo espiritual.

Para finalizar, atente para essa Palavra.  

Quando alguém prostitui espiritualmente ou fisicamente e não volta, morre.
Sendo morto espiritual, prostituído, dá autorização, pela Palavra de Deus, ao divórcio e o novo casamento. 

Destaque 1: Adultério é morte espiritual, é quebra da unidade do corpo, que foi feita pelo casamento.
 
Segundo os estudos sobre o divórcio, quase a totalidade entende que somente a morte separa o casal.

Outros entendimentos,
quando permitem, somente será em caso de fornicação, não de adultério, conforme o Velho Testamento.

A passagem da Bíblia para essa sustentação está no livro de Deuteronômio, capítulo 24, versículo 1, que diz:
"Quando um homem tomar uma mulher, e se casar com ela, então será que
, se não achar graça em seus olhos, por nela achar cousa feia, ele lhe fará escrito de repúdio, e lho dará na sua mão, e a despedirá da sua casa."

No versículo 2 e 3, seguintes:

"Se, pois, saindo da sua casa, for, e se casar com outro homem, E este último homem a aborrecer, e lhe fizer escrito de repúdio, e lho der na sua mão, e a despedir da sua casa, ou se este último homem, que a tomou para si por mulher, vier a morrer."

O versículo primeiro é interpretado, conforme grifo meu, "...por nela achar coisa feia...", no que diz respeito a não achar a mulher virgem, por ter praticado fornicação antes do casamento.

Entretanto, essa interpretação está errada, pois ainda no mesmo capítulo, logo em seguida, nos versículos 2 e 3, essa mesma mulher casa novamente, e, o novo marido, dá novamente escrito de repúdio.
Se o escrito de repúdio é permitido somente
"...por nela achar coisa feia...", no que diz respeito a não achar a mulher virgem, não procede, pois a mulher teve casamento anterior.
Por isso, essa passagem das Escrituras, vai de encontro ao texto do Evangelho de Mateus, capítulo 19, quando Jesus foi tentado pelos fariseus. Os fariseus questionaram da concessão de repúdio por qualquer motivo. Se os fariseus questionaram para tentar confundir a verdade de Cristo, conforme está escrito na lei de Moisés, sabiam que não se dá escrito de repúdio por qualquer motivo.
Mas, Jesus diz que esse escrito de repúdio foi autorizado pela lei de Moisés por causa da dureza do coração, ou seja, por motivos fúteis, sem amor, misericórdia ou perdão.

ENTRETANTO, subentendido está que existe um motivo muito sério e ESTE MOTIVO EXISTIA.

A fornicação entre casados não existe. Entre casados existe a infidelidade conjugal, O ADULTÉRIO.

Por isso, a Lei do Velho Testamento diz que se o homem adulterar com a mulher de outro havendo adulterado com a mulher do seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera. (Levítico 20:10)

Outro texto bíblico que traz a interpretação revelada sobre a quebra da unidade e morte espiritual em caso de adultério é: Livro de Números, capítulo 5: 11 ao 31, mas, limitando nos versículos 19 e 20, que diz:
"E o sacerdote a conjurará, e dirá àquela mulher: Se ninguém contigo se deitou, e se não te apartaste de seu marido pela imundícia, destas águas amargas, amaldiçoantes serás livre.
Mas se
apartaste
de teu marido, e te contaminaste, e algum homem, fora de teu marido, se deitou contigo." 

Isso, para nós hoje, significa que os adúlteros morreram espiritualmente, ou seja, o vínculo da unidade foi quebrado e a morte espiritual ocorreu, o que no passado era a morte física.

O homem natural não pode ou não consegue compreender o significado de morte espiritual.


Observem: O velho Testamento, é tomado por base no sentido de que apenas a fornicação provoca concessão ao divórcio.
Se a fornicação, autorizava o divórcio, então, muito mais o adultério que autorizava matar os adúlteros.

Mortos os adúlteros, homem ou mulher, e a outra parte? Resposta? Sim, está livre.

O adultério é uma forma de prostituição, realizada por pessoas casadas.
A fornicação é uma forma de prostituição, realizada por pessoas não casadas.
Mas, ficou esclarecido acima a interpretação descabida sobre a fornicação em Deuteronômio 20:1.

Quando interpretamos a Bíblia conforme a revelação e as Sombras das Coisas Futuras, nos defrontamos com as expressões que identificam erros, que conflitam com o que realmente Deus quer dizer.
Neste assunto em pauta, são consideradas em estudos as expressões:

*fornicação = porneia, no grego e, *adultério = moicheia, no grego. 

ENTRETANTO, em algumas versões da Bíblia, no caso a tradicional Revista e Corrigida e a Contemporânea, exemplo do texto em Mateus, 19:9, nem fornicação e nem adultério é usado e,
SIM, PROSTITUIÇÃO, que corresponde, concordando a interpretação pelo Velho Testamento e Novo Testamento.

Outro texto é Mateus 5:32, onde uma versão emprega expressão prostituição e outra infidelidade, sendo um versículo decisivo para interpretação bíblica no assunto.
Por isso,
AS CHAVES, estão no Velho Testamento, onde estão as revelações das coisas espirituais e respostas para qualquer questão.

Outro detalhe imprescindível diz respeito às traduções da Bíblia conforme a nação, adulterações e manipulações propositais da Palavra de Deus visando atender interesses doutrinários.


Sergio Luiz Brandão

Quem pode ministrar a Santa Ceia? Sendo cristão posso ministrá-la à minha família como nos moldes do Antigo Testamento e Novo Testamento?


Resposta:

Sentar à mesa com o Senhor e participar de Sua Ceia está trazendo ao entendimento que, os participantes estão em comunhão de mesma fé. No Velho Testamento, todo aquele que não pertencesse ao povo de Deus, a nação Israel, MAS, que quisesse andar no meio, participar, deveria ser circuncidado. Essa circuncisão é para nós hoje, o Batismo nas Águas.

Assim, após o Batismo nas Águas, livremente participaria da mesa do Senhor, a Santa Ceia. Se a Palavra de Deus se cumprisse, uma pessoa com o desejo de participar do Corpo de Cristo, confessando essa fé, IMEDIATAMENTE SERIA BATIZADA NAS ÁGUAS e com um outro irmão, participaria de uma Ceia. As aparências e cerceamentos dissimulados dos rituais removeram a simplicidade do Evangelho.

É isso mesmo, mais um. Diz a Palavra no Evangelho de Mateus, capítulo 18, versículo 23 que "onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí, estou eu no meio deles".

Ainda, excepcionalmente, conforme caso ocorrido com o apóstolo Pedro no livro dos Atos dos Apóstolos, capítulo 10, versículos 44 ao 48, quando, ANTES DE SEREM BATIZADOS NAS ÁGUAS, os ouvintes da Palavra foram Batizados com o Espírito Santo e EM SEGUIDA, foram Batizados nas Águas. Isso nos dá, excepcionalmente, a possibilidade de alguém, tomar a Santa Ceia e, sem as demoras ritualísticas, Batizar nas Águas imediatamente. Lembra do ex-ladrão na cruz ao lado de Jesus?

Essa é a liberdade dos filhos de Deus. Não é SOMENTE NA IGREJA onde congrega ou outra que você "tem autorização" para Cear. Você é filho de Deus livre. Esse e outros impedimentos (fazer curso para batismo, passar por avaliação...) não são conforme a liberdade do Evangelho de Jesus Cristo. Essas formas RESTRITIVAS da liberdade são dissimulações para manutenção de domínios e doutrinas contra a Palavra.

A Igreja de Jesus Cristo é livre.

Santa Ceia tem a figura daqueles que estão livres do mundo, comprados pelo preço da redenção em Cristo. Não devemos colocar empecilhos aos que querem entrar. Há ordem, devem os participantes examinarem a si mesmos, MAS, sobretudo, há liberdade.

As crianças DEVEM participar porque são filhos de Deus. Um filho de Deus não pode ficar fora da mesa no momento da Ceia. Há estudo específico mais abrangente no link abaixo:
Batismo nas Águas e Santa Ceia do Senhor


Jesus expulsaria algum desses da Sua mesa? Misericórdia quero,...

Há uma passagem bíblica que farei oportunamente consideração específica, que está na primeira carta do apóstolo Paulo aos Coríntios, capítulo 7, versículo 14 - (1Co 7:14).

Resposta: Sergio Luiz Brandão

Um casal, homem e mulher, que vivem juntos maritalmente, mas não são casados, podem participar da Santa Ceia do Senhor ?


Resposta: Uma consideração que deve ser feita antes da interpretação da Bíblia diante da questão é não trazermos as "concessões da lei dos homens" para adaptar à Palavra de Deus.

Isso reflete em que as permissões da lei dos homens, a legislação, não devem corromper ou forçar a verdade da Palavra no sentido de gerar, também, "concessões" dentro do Corpo de Cristo.

Viver maritalmente, homem e mulher, está hoje, diante da legislação, reconhecido.
No passado, isso era considerado viver como "amantes".
MAS, hoje, a expressão é "viver maritalmente".

Da mesma forma, o homossexualismo era condenado, MAS a lei teve que aceitar as condições de igualdade.

O segredo disso está "no espírito do mundo".
Uma das inúmeras passagens bíblicas para esse contexto é a carta do apóstolo Paulo aos Efésios, capítulo 2, versículo 1 em diante, que diz:

"E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados.
Em que noutro tempo andastes segundo o 
curso deste mundo, segundo o príncipe das 
potestades do ar, do espírito que agora opera 
nos filhos da desobediência.
Entre os quais todos nós também antes andávamos, nos desejos da nossa carne..."

O "espírito deste mundo", segundo a eficácia de satanás vai progressivamente impondo seus interesses de corrupção e destruição no curso deste mundo.

Assim, o viver maritalmente, diante da Palavra de Deus é viver em "fornicação", ou seja, é a relação sexual de pessoa não casada, com pessoa casada ou não.
O adultério é o pecado de pessoas casadas com outras que não são seus próprios cônjuges.

Diante da Palavra de Deus NÃO SÃO CASADOS, MESMO QUE A LEGISLAÇÃO DOS HOMENS RECONHEÇA.

Estando em fornicação, a Palavra de Deus diz que os fornicários não herdarão o Reino dos Céus. (Apocalipse 21:8 e outras passagens bíblicas)
Se os fornicários não podem herdar o Reino dos Céus, consequentemente, não podem participar da Santa Ceia porque não têm parte com o Reino de Deus, POIS, a Santa Ceia é o Corpo de Cristo, dos salvos.

Todos aqueles que estejam nesta condição "vivendo maritalmente", se realmente temem a Deus e amam verdadeiramente um ao outro, não haverá nenhum impedimento em casar, conforme a Palavra de Deus diz. 

Sergio Luiz Brandão

Quem pode participar da Santa Ceia, a mesa do Senhor?


Resposta: Sentar à mesa com o Senhor e participar de Sua Ceia está trazendo ao entendimento que, os participantes estão em comunhão de mesma fé. 
No Velho Testamento, todo aquele que não pertencesse ao povo de Deus, a nação Israel, MAS, que quisesse andar no meio, participar, deveria ser circuncidado. Essa circuncisão é para nós hoje, o Batismo nas Águas.

Assim, após o Batismo nas Águas, livremente participaria da mesa do Senhor, a Santa Ceia.
Se a Palavra de Deus se cumprisse, uma pessoa com o desejo de participar do Corpo de Cristo, confessando essa fé, IMEDIATAMENTE SERIA BATIZADA NAS ÁGUAS e com um outro irmão, participaria de uma Ceia.
As aparências e cerceamentos dissimulados dos rituais removeram a simplicidade do Evangelho.

É isso mesmo, mais um. Diz a Palavra no Evangelho de Mateus, capítulo 18, versículo 23 que
"onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles." 

 
Ainda, excepcionalmente, conforme caso ocorrido com o apóstolo Pedro no livro dos Atos dos Apóstolos, capítulo 10, versículos 44 ao 48, quando, ANTES DE SEREM BATIZADOS NAS ÁGUAS, os ouvintes da Palavra foram Batizados com o Espírito Santo e EM SEGUIDA, foram Batizados nas Águas.
Isso nos dá, excepcionalmente, a possibilidade de alguém, tomar a Santa Ceia e, sem as demoras ritualísticas, Batizar nas Águas imediatamente. Lembra do ex-ladrão na cruz ao lado de Jesus?

Essa é a liberdade dos filhos de Deus. Não é
SOMENTE NA IGREJA onde congrega ou outra que você "tem autorização" para Cear. Você é filho de Deus livre.
Esse e outros impedimentos (fazer curso para batismo, passar por avaliação...) não são conforme a liberdade do Evangelho de Jesus Cristo. Essas formas
RESTRITIVAS da liberdade são dissimulações para manutenção de domínios e doutrinas contra a Palavra.

A Igreja de Jesus Cristo é livre.

Santa Ceia tem a figura daqueles que estão livres do mundo, comprados pelo preço da redenção em Cristo.
Não devemos colocar empecilhos aos que querem entrar.
Há ordem, devem os participantes examinarem a si mesmos,
MAS, sobretudo, há liberdade.

As crianças
DEVEM participar porque são filhos de Deus.
Um filho de Deus não pode ficar fora da mesa no momento da Ceia.



Jesus expulsaria algum desses de sua mesa? Misericórdia quero...

Há uma passagem bíblica que farei oportunamente consideração específica, que está na primeira carta do apóstolo Paulo aos Coríntios, capítulo 7, versículo 14 - (1Coríntios 7:14).

Sergio Luiz Brandão 

Quem são os "filhos de Deus" no Livro de Gênesis, capítulo 6, versículo 2 ?


Resposta: Desde o início da criação até este momento do livro de Gênesis, o homem que Deus criou, antes e depois de pecar, não era chamado e nem era "filho de Deus".
O homem, quando Deus criou, foi
abençoado, MAS, não foi santificado, isso significa que o homem não era santo, ou seja, não era filho de Deus.

Sugestionar que esses "filhos de Deus" eram da linhagem de Sete, está errado.
O próprio Adão, mesmo sem pecado, não era filho de Deus e nem podia ser conforme a interpretação e exposição já feita sobre isso.

O homem só foi chamado "filho de Deus"
após a reconciliação pela obra da redenção e salvação através de Jesus Cristo.
Há momentos na Bíblia em que os anjos assumem forma de homem terreno - exemplo em Gênesis 18:1 e 2; 19:1 e seguintes.

Esses filhos de Deus eram anjos.

Alguém pode dizer: Mas, Jesus Cristo é o único Filho de Deus, o Unigênito, como Deus Pai teria "outros filhos"?

Em resposta digo que, Isaque sendo o
segundo filho de Abraão com Sara era considerado único filho, o unigênito de Abraão, mesmo tendo Ismael nascido primeiro.
Ver estudo
Isaque, o unigênito de Abraão.
Hebreus, capítulo 11, versículo 17, que diz: "Pela fé ofereceu Abraão a Isaque, quando foi provado, sim aquele que recebera as promessas ofereceu o seu unigênito."

Epístola de Judas versículo 6, diz: 

"E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão, e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia".

Quer participar da meditação dessa questão?
Vamos ao livro de Jó, capítulo 1, versículo 6, que diz:
"E vindo um dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também satanás entre eles."

Ainda, livro de Jó, capítulo 38, versículo 7, diz:
"Quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus rejubilavam?"

Quem são esses filhos de Deus?

Eis os mistérios e segredos de Deus... Qualquer novidade acrescentarei. 


Sergio Luiz Brandão

27 março 2011

A doutrina da trindade ensina que Deus é um, mas coexistente em três pessoas distintas. No céu, veremos o Pai, o Filho e o Espírito Santo?



Resposta:
Apocalipse 21:22, 23...
"E nela não vi templo, porque o seu templo é o SENHOR Deus todo poderoso, e o Cordeiro. E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem alumiado, e o Cordeiro é a sua lâmpada..."

O que isso quer dizer?
A maravilha da Palavra de Deus é a sua revelação.
Na Palavra de Deus, quando encontramos a expressão "Senhor Deus", está referindo ao nosso Deus e Pai, o Pai do Senhor Jesus Cristo.
Quando diz "Senhor", sem acrescentar "Deus", é o Filho, o Senhor Jesus.


No Salmos 110:1, o Pai, que é o SENHOR Deus fala ao Filho, diz:

"Disse o SENHOR ao meu Senhor:
Assenta-te à minha mão direita, até que ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés."

Conforme a tradução e versão da Bíblia, há diferenças nisso, mas, a essência do entendimento é assim.

Deus é Espírito, e, manifestou, gerou o Filho pela Palavra do seu Espírito.
Deus disse e o Filho foi gerado em glória, pela Palavra de Deus, por isso, quando dizemos "Palavra de Deus" é porque Deus falou ou fala. Quando Deus fala, o universo ouve e obedece. Quando Deus fala, as coisas passam a existir do nada.


Sendo Deus o próprio Pai, o SENHOR Deus, ele é Espírito, a luz inacessível.
1 Timóteo 6:16, diz:

"Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém."
 
O Cordeiro, que é o Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus Pai, o Filho de Deus, conforme diz acima na passagem:
Apocalipse 21:22, 23 ...

"E nela não vi templo, porque o seu templo é o SENHOR Deus todo poderoso, e o Cordeiro. E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem alumiado, e o Cordeiro é a sua lâmpada."  

Quando olhamos para uma lâmpada acesa, vemos um corpo físico emanando algo não físico. 

Isso diz que: Deus Pai, o SENHOR Deus, sendo Espírito, ele existe e está plenamente no Filho amado, o Cordeiro. O Cordeiro (lâmpada do SENHOR Deus) está cheio da e, emana a glória do Pai, aleluias, a plenitude do Espírito da glória do Pai, e, essa glória que emana do Filho amado (lâmpada) alumia todo o Reino dos Céus, glórias ao Deus Altíssimo, cheio de beleza e maravilhas eternas.

Sendo Deus Pai, Espírito, e plenitude da eternidade, habita no Filho e nos filhos, nos anjos. A vida de Deus, que é seu Espírito Santo, habita ou existe nos filhos, mas, não é separado do Pai. Disso vem a Unidade perfeita. Conseguiríamos contemplar a dimensão disso?

Não será possível ver o Espírito Santo como se fosse uma pessoa, mas, é o próprio SENHOR Deus em plenitude de glória, pois, Deus é Espírito, está em todos os filhos e, tudo está nele.
Também, no Cordeiro, nos filhos de Deus, nos anjos, o Espírito Santo está neles e, não existem Espíritos Santos, como se pudessem ser separados de Deus, ou seja, você olhar e ver vários Espíritos Santos como se fossem pessoas.

Receber e ter o Espírito Santo significa ter o Espírito de Deus, ter Deus mesmo, por isso, os filhos de Deus são "templos do Espírito Santo", onde Deus habita e manifesta.

Disso, decorre que: Doutrina da Trindade é erro e engano. É uma doutrina forçada e aceita sem questionamentos, que alimenta e fortalece o catolicismo romano e, diretamente o Papa, o Santo Padre, o Santo Pai, ou seja - a pessoa da trindade, e, os que se dizem evangélicos adotaram e adotam como doutrina de Cristo.
Só falta, para os que se dizem evangélicos, o sinal da cruz, pois, esse sinal da cruz existe por causa dessa doutrina da trindade, além de outras coisas feitas em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo".

A Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus, só fala "em nome do Senhor Jesus".
Em nome do Senhor Jesus é exatamente contra os interesses do catolicismo... Grave erro e engano.

Mateus 28:19, diz:
"Portanto ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo."

(Essa passagem é uma manipulação feita na Bíblia, pois, isoladamente, estranhamente, somente ela, fala ao contrário da unanimidade de outros textos bíblicos que diz "em nome do Senhor Jesus")

Paz ao seu coração.

Sergio Luiz Brandão

18 março 2011

Hoje, no Novo Testamento, existe ainda a "unção com óleo", seja em pessoas ou todos os tipos de coisas?



Resposta: No Velho Testamento, o óleo, conforme a situação, tinha significado específico, que, traz, para hoje, entendimento revelado.

Exemplo: O óleo, azeite da oliveira, puro, que era colocado nas luminárias do castiçal, candeeiro ou candelabro, sendo que as lâmpadas ficariam acesas, representam a glória de Deus em Espírito, e, o castiçal é Cristo.

Êxodo 27:20, 21
"Tu pois ordenarás aos filhos de Israel que te tragam azeite puro de oliveiras, batido, para o candeeiro, para fazer arder as lâmpadas continuamente.
Na tenda da congregação, fora do véu que está diante do testemunho, Arão e seus filhos as porão em ordem, desde a tarde até a manhã, perante o
SENHOR; isto será um estatuto perpétuo para os filhos de Israel, pelas suas gerações."

Levítico 24:2

"Ordena aos filhos de Israel que te tragam azeite de oliveira, puro, batido, para a luminária, para manter as lâmpadas acesas continuamente."

O óleo para unção: Êxodo 25:6
"Azeite para a luz, e especiarias para o óleo da unção, e especiarias para o incenso."


Êxodo 29:7
"E tomarás o azeite da unção, e o derramarás sobre a sua cabeça; assim o ungirás."

Êxodo 29:21
"Então tomarás do sangue, que estará sobre o altar, e do azeite da unção, e o espargirás sobre Arão e sobre as suas vestes, e sobre seus filhos, e sobre as vestes de seus filhos com ele; para que ele seja santificado, e as suas vestes, também seus filhos, e as vestes de seus filhos com ele."

Êxodo 30:22-33 - Explica como fazer o azeite da santa unção.

Êxodo 35:8
"E azeite para a luminária, e especiarias para o azeite da unção, e para o incenso aromático."

Êxodo 39:37
"O candelabro puro com suas lâmpadas, as lâmpadas em ordem, e todos os seus pertences, e o azeite para a luminária;"

Êxodo 40:9
"Então tomarás o azeite da unção, e ungirás o tabernáculo, e tudo o que há nele; e o santificarás com todos os seus pertences, e será santo."

Mateus 25:3
"As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo."

Lucas 10:34
"E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele;"

Ungir o tabernáculo e seus vasos significava santificar os atos que eram feitos através de cada utensílio, atos que procedem da vontade de Deus para a obra e glória de Deus. Os vasos do tabernáculo possuem significados diversos, pois, podem ser o Senhor Deus e Pai, o Senhor Jesus Cristo, pessoas, anjos, poder, atos, etc. Por isso, posso usar os verbos das ações no passado e presente porque ainda existem, conforme as Sombras das Coisas ou Bens Futuros.


Tudo acrescentam conforme a verdade revelada no tabernáculo ou quando, por exemplo, Jacó levantou um montão de pedras e derramou azeite sobre elas. Hoje, você não faz isso, pois, os rituais do Velho Testamento, hoje, se praticados pelo modo natural, não exercem nenhum valor real. A ação, após Cristo, passou para outra dimensão, a revelação das verdades espirituais eternas existentes nos rituais.
Nos dias de hoje, derramar óleo sobre um obreiro para ungir ou consagrar para o ministério não tem significado real ou valor, pois, a unção vem do derramar do Espírito Santo sobre a pessoa.

Erro e blasfêmia é ungir coisas dessa vida no sentido de "consagrar" ou "separar" para Deus, para a obra, pois, o significado de ungir com óleo, coisas dessa vida, não diz respeito ao real significado como teve no Velho Testamento, pela aparência visível, significando sombras de bens ou coisas futuras e eternas.

Um veículo, uma guitarra do grupo de louvor, enfim, essas coisas não podem ser "ungidas" porque são coisas dessa vida e nada representam das coisas espirituais eternas, são coisas deste mundo, não podem ser santificadas ou tornarem-se santas e, nem herdam o reino dos céus. Aquele que usa o material ou a coisa torna-a útil para o bem que fizer. Se alguém toca o instrumento com virtude, com dom de Deus, a glória de Deus se manifesta pelo dom que está na pessoa e não pela "santificação" do instrumento. A virtude da pessoa pode impregnar o instrumento, mas, o instrumento em si não pode ser "ungido".

Levítico 5:11

"Porém, se em sua mão não houver recurso para duas rolas, ou dois pombinhos, então aquele que pecou trará como oferta a décima parte de um efa de flor de farinha, para expiação do pecado; não deitará sobre ela azeite nem lhe porá em cima o incenso, porquanto é expiação do pecado;"
Este ato acima tem um significado de sombras de coisas futuras, interpretação revelada, que, nos dias de hoje ainda ocorre, mas, não dessa forma "figurada", natural, que serviu de "aio" para nos conduzir a Cristo.
Enfim, não se usa óleo para ungir coisas dessa vida, pois, nada altera a situação e ainda, é erro e, insistindo no erro, peca e blasfema. Usar chifres com óleo, castiçais, etc, são coisas que não são do tempo da graça, essas coisas serviram no Velho Concerto para nos ensinar coisas espirituais ,sombras de coisas futuras eternas e, usar isso, nos tempos da graça, é anular o invisível e viver pelo que se vê, pela lei, sem entender a verdade de Cristo. São rituais inúteis. São coisas da lei do Velho Testamento.

Mas, sempre lembrando, todo o Velho Testamento não está anulado, está anulada a interpretação natural, da letra morta, carnal e, valendo apenas, para o Novo Testamento, a interpretação revelada, oculta em mistérios.

Tiago 5:14
"Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor;"
Ungir um doente com óleo, quer dizer, ungir pelo dom, pois, óleo da unção é "dom do Espírito Santo".

Parece incoerente aceitar a unção com óleo, sabendo que o óleo tem significado de coisas espirituais.

Mas, e se não houver dom em quem ministra?

Paz ao seu coração...

Sergio Luiz Brandão

É possível e, "permitido", reinterpretar as mensagens que ouvimos ou lemos, vindas da parte dos líderes evangélicos ou de irmãos em Cristo, para saber se falam da parte de Deus ou do inimigo?



Resposta: Dias atrás recebi, entre tantos, um e-mail em massa (spam) divulgando uma mensagem de um "pastor" muito famoso, o qual chamarei de pastor X.

Entendi ser urgente a necessidade de interpretar a mensagem pública, ao público, sob o temor da Palavra de Deus e a sua verdade, esperando que, percebam, a extrema diferença, com discernimento, entre o santo e o profano.

Se, aqueles que se dizem evangélicos, temessem a Deus Pai e ao Senhor Jesus Cristo e, conferissem na Bíblia, tudo que ouvem ou presenciam, onde usam o nome de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo, os pomposos templos, chamados de igrejas evangélicas, ficariam desertos.

Eis, então, a mensagem do "pastor" X, interpretada, diante da Palavra de Deus.

Quem sabe, através deste exemplo, o povo que se diz de Deus, comece ser de Deus, único Deus verdadeiro.

Meu título para este assunto é: O lado oculto da mensagem do tal "pastor" X.
Os trechos do texto, em tom rosa, é a mensagem do pastor X e, em seguida, a consideração de minha parte, diante da Palavra de Deus.

Abaixo, a mensagem do pastor X:
 


O Pastor X critica postura da Globo contra a Igreja que vou chamar de Y:
1-O pastor e cantor gospel pastor X criticou, nesta quarta-feira (19), em seu site, os ataques da TV Globo à Igreja Y. Ele classificou como “nojenta” a reportagem exibida no último dia 11, no “Jornal Nacional”. O pastor X acrescentou que a matéria exibida estava mais para Projac (centro de produção da Globo) do que para a vida real.

1-Consideração: Nojenta? E o que os líderes e obreiros denominacionais, que se dizem evangélicos, fazem com o povo que foi comprado pelo sangue do Cordeiro? O pastor X é um pastor que, no passado, usando o marketing por e-mail (spam), divulgava, para promoção pessoal, que, havia autorizado o estudo bíblico gratuito às crianças miseráveis e carentes na África !!!
 




Aquelas crianças que comem bolinho feito com barro, reviram lixos, comem carniça, andam pelados, foram maravilhosamente presenteadas pelo pastor X com ensino da Bíblia gratuitamente! e nem precisarão dar o dízimo e ofertas daquilo que possuem.  
Sei não, uma ocasião li uma situação de um pastor que fez a mulher tirar o último dinheiro da comida das crianças porque não podia deixar de dizimar, e ela fez e ficou passando necessidade e teve de pedir esmolas. Outra, uma senhora, pobre, que, convencida, vendeu o único fogão por causa da conversa de astúcia de um dos obreiros e ficou sem condições de fazer comida e, o filho foi na "igreja" para reaver o material perdido para desonestos...
Pensam que isso não acontece? Essa pomposidade templária, homens desfilando seus ternos de grife, carros importados, mansões, mulheres cheias de inveja, vaidade e arrogância sensual que mandam em líderes (maridos), jovens fanáticos tatuando seus homens ídolos "evangélicos" nos corpos, gritos de guerra, escondem coisas escabrosas no meio que se diz evangélico.

Talvez tenha o serviço sido gratuito por causa do bolinho de barro, é um material que não dá para negociar no mundo evangélico, mas, se tivessem dinheiro, quem sabe seria de outra forma.

Nojento? O que é nojento? Criou sua própria "grife" gospel e mais parece um playboy despertador de interesses sensuais e, tudo o que faz para o reino(?) é só pagando.

Nojento? O que é nojento? O mundo segue o seu curso, pois, não conhecem a Deus, mas, quem se diz conhecedor da Bíblia, a própria Palavra diz que, com esses falsos irmãos não devemos nos envolver ou comer na mesma mesa. (1 Coríntios 5:11)

Nojento? Líderes usarem o corpo que deveria ser de Cristo, como massa de manobra política e mercadológica num "vale-tudo" onde os fins justificam os meios, conforme a Palavra de Deus diz que seriam manifestados nos últimos tempos.

Nojento? Transformar a fé em loteria dissimulada - leva o prêmio quem apostar (investir) mais.

Nojento? O que é nojento? Tirar o pão da mesa do pobre e transformar em combustível para um BMW ou Mercedes.


Nojento? Tirar o dinheiro do aluguel e alimentação, sofrido e suado, e transformar em ração para cavalos do haras particular ou, para pagar os empregados que cuidam da manutenção da mansão ou, para manter as geladeiras e dispensas lotadas com todos os tipos de alimentos, suprindo os banquetes constantes do café, almoço ou jantar.

Nojento? O que é nojento pastor X? Cobrar R$ 10.000,00 para pregar a Palavra de Deus (?) em alguma igreja que pretende ser evangélica. Um ídolo musical evangélico exigir que o público para um show, tenha, no mínimo, 2000 pessoas, não por causa das almas, mas, por causa do negócio que será realizado com venda de material promocional do mercado gospel.

Nojento? Vender CD de mensagem e música e, vir com a desculpa mundana que essa é a forma de manutenção do ministério.

Nojento? Pregações e propagandas em púlpitos, programas de TV e rádios de líderes chamados evangélicos, usando de astúcias de estelionatários e vendedores de ilusões, profetizando sempre que for adequado e necessário vender algum produto ou convencer alguém "ignorante" fazer o que querem, usando a Palavra de Deus, visando alcançar seus propósitos mercantis e cobiças pessoais. Se fosse um vendedor com conversa fiada e esperteza, no portão de suas casas, mandariam embora ou chamariam a polícia.

Nojento? O que é nojento? Líderes ensinando que em questão de música, importa que seja boa, mesmo que seja profana, igualando um adorador e filho de Deus, como o rei Davi, com qualquer cantor que não tem Deus e nem teme. Um tocador de boteco, bêbado, que canta e toca bonito tem o mesmo espaço e honra que um filho de Deus no céu!
O santo e o profano estão em pé de igualdade. Espírito Santo e espírito do mundo são a mesma "fonte".
Espírito Santo precisaria melhorar porque está perdendo lugar para as inspirações do espírito do mundo, Satanás?

Nojento? O que é nojento? Crente? Filho de Deus? Quem é verdadeiro crente e evangélico diante dessa situação?

Se, continuar enumerando somente este item posso escrever um livro de centenas de páginas provando a terrível obra da mentira exaltando Satanás em igrejas que se dizem evangélicas, que, diante da Bíblia Sagrada, estão a caminho da perdição eterna, a não ser que se convertam ao Deus verdadeiro e deixem seus ídolos e homens ídolos.
 


2-"Não é segredo que os evangélicos já foram considerados a escória da sociedade. Os mais novos podem não lembrar, mas evangélico era sinônimo de idiota, imbecil e sem cultura. Assumir a fé em Cristo era a certeza de ser criticado. O tempo passou e as coisas mudaram", comentou.

2-Consideração: Mas, o Senhor Jesus Cristo foi julgado por injustos e era considerado escória por causa da inveja e ódio mortal que tinham contra Ele.

Satanás sempre será contra Ele. Satanás é o espírito do mundo e de todos que seguem o inimigo de Deus.
Os verdadeiros seguidores de Cristo, terão verdadeira perseguição, não será diferente.

Para não ir além, pois, entendo desnecessário, mas, podemos reler a passagem sobre o rico e Lázaro.
Quem disse que é necessário ter cultura para alcançar os céus pela fé no Senhor Jesus Cristo?

Entre tantos, o apóstolo Pedro era homem iletrado e, foi, pessoalmente, chamado pelo Senhor Jesus.
Caia dessa soberba e falsa simplicidade "gospel" pastor X e tantos outros doutores evangélicos com anel no dedo.

Essa é a igreja teológica. Essa é a igreja científica e institucionalizada que estão querendo implantar no Brasil, com a condição de que, para ser dirigente de igreja evangélica, somente com diploma de faculdade teológica.

O sentimento de inveja do mundo faz com que busquem essas coisas. Apresentam a desculpa de que há muitos problemas com ensino da Bíblia e a formação teológica é necessária, é a solução.

Essa desculpa parece sensata, mas, apenas uma observação: os maiores escândalos e corrupções da Palavra de Deus e condutas, são, exatamente, desses que se dizem doutores e poderosos e cientistas da Bíblia científica. Estranho, não é?
Estão substituindo o Senhor Deus e seu Espírito Santo por homens com anéis e diplomas. Quando receberem seus diplomas coloquem em uma moldura e adorem, pois, essa será a única glória que terão.

Certo que, os verdadeiros santos de Deus e que temiam verdadeiramente a Deus foram injuriados, difamados, ridicularizados, humilhados, esbofeteados e, por isso, caro falso pastor X, davam glórias a Deus, porque a afronta era contra o próprio Deus e Pai e o Senhor Jesus Cristo. Eles eram perseguidos por causa do nome de Jesus e não por causa de crimes que cometiam contra, inclusive, os próprios da casa.

Eram perseguidos por causa da luz que neles havia e há, e não, por causa das obras das trevas. Será difícil compreender isso? Até o ímpio sabe disso contra os falsos crentes, mas, estranhamente, os de dentro parecem fingir não saber e prevaricam contra Deus. Podem, também, estar dominados espiritualmente, escravos espirituais dos líderes.
Os crentes verdadeiros assumem a fé e não negam a Deus. Glórias a Deus que o mundo odeia um crente, pois, estamos no mundo.
Mas, em tudo há discernimento, que, mais abaixo ficará compreendido...
 


3-O pastor X ressaltou que, hoje, os evangélicos estão no governo, nas faculdades, nos consultórios e na mídia. "Os evangélicos, de escória, passaram para aceitáveis, isto é, aceitáveis desde que seus pensamentos, ideologias e interesses não confrontem os de outrem. Os evangélicos cresceram e respondem por boa parte do mercado consumidor. Números recentes apontam um total de, no mínimo, 40 milhões de evangélicos; creio que é muito mais. Contudo, podemos ter 50 milhões de evangélicos, mas nunca teremos 5 milhões de irmãos", comparou. 

3-Consideração: Essa argumentação é a falsa e diabólica inversão da verdade.
Alguém, por acaso, segundo a verdade da revelação da Palavra de Deus, está com INVEJA, da glória do mundo?
Alguém, por acaso, sendo verdadeiro filho de Deus, porque vive unicamente para Deus e dá-Lhe glória, é sincero, reto, simples, humilde, de bom coração, santo, sente inferioridade quando um ímpio ou um falso crente ímpio chama-o de "escória"? Certo que não.

Os evangélicos passaram para a condição de "aceitáveis" porque começaram a negar a fé ao seu Deus e iniciaram a corrupta vida de conivência e conveniência com o mundo e seu príncipe, de bem com a vida.

Sim, esse que se diz pastor, segundo sua interpretação bíblica, confessa que os evangélicos cresceram e respondem por boa parte do mercado consumidor. Deveria ter vergonha e não orgulho de confessar tal desonra e afronta, mas, é assim que conhecemos quem é o "espírito" que fala. (estratégia política? próximo candidato? mais negócios?)

Com o sentido que ele quer dar para o contexto, a frase final tem uma verdade invertida, ou seja, dos 50 milhões de evangélicos, uma minoria verdadeiramente, não se corrompeu, o que não é o caso dele, dos seus seguidores e daqueles que defende.
 


4-O pastor X lembrou de alguns casos que geraram polêmica, como o desabamento do  telhado de uma outra igreja conhecida; um tal missionário, de outra igreja, acusado de evasão de divisas e lavagem de dinheiro; e um outro pastor, acusado de homofobia e discriminação por várias entidades. Segundo o pastor X, todos os inquéritos foram concluídos e ninguém foi condenado.

4-Consideração: Sim, agora, segundo as lideranças evangélicas, quem diz o que é certo ou errado e julga para a salvação é a justiça dos homens e os códigos dos homens, (mais as manipulações dos bastidores do poder).

Deus? Deus não manda neles e, se for o caso, arrependendo-se de suas atrocidades, quem sabe, ainda haverá tempo para alguns mudarem e ovelhas sem entendimento deixarem essas convivências da mentira.

Diante das revelações, Deus já julgou e removeu a sua graça, ou seja, são mortos espirituais gerando outros mortos, mesmo que na aparência pareçam ser de Deus, mas, por isso, é necessário discernir espíritos e meditar nas coisas que escrevem e pregam, como faço agora, trazendo o lado oculto dessas mensagens que, certamente, diante de um povo, de um púlpito, muitos estariam falando em línguas, rodopiando, profetizando, dando glórias a Deus... para a mentira!

Deus está trazendo aperto e muitos deixaram e estão deixando essas denominações porque as escamas dos olhos caíram, mas, uma outra parte, permanece fiel, ao inimigo. (Mateus 7:21 em diante...)
 


5-"O que me causou repúdio, e agora é para os que se dizem irmãos, é a inércia da nossa classe, os evangélicos. Vejo as pessoas falando mal de líderes, igrejas, costumes, doutrinas, etc. Onde estão os irmãos na hora da acusação? Onde estão os que juraram amor à obra?”, frisou.

5-Consideração: Repúdio? Inércia? Falar bem? Como? Os que amam a Deus e sua obra, VERDADEIRA, certamente são os mesmos que estão rejeitando você pastor X, entre tantos outros líderes e obreiros da iniquidade, que transformaram e transformam a igreja de Jesus Cristo, que deveria ser santa, em uma prostituta que vende o "Corpo de Cristo" em troca de favores, negociatas, política, com alianças junto aos ímpios que servem outros deuses.

Repúdio? Inércia? Sim, ainda conheço outra inércia que condena os que se dizem crentes e filhos de Deus, diante da Bíblia, inércia contra a sujeira dentro do meio que se chama evangélico, que a própria Palavra de Deus, não diz para esperar o dia do julgamento, porque, já está em andamento o juízo e quem fica de conivente com o pecado e falsos irmãos, com eles estarão na perdição eterna. Isso é o que diz a Bíblia, não a doutrina segundo homens ídolos.

Aqueles que amam, verdadeiramente, a Deus, não juram que O amam, pois, o homem carnal, na sua insignificância, jamais será arrogante em jurar amor, pois, pode trair, cair, falhar, pecar, blasfemar, e, por misericórdia do Deus Altíssimo, que sabe da nossa dificuldade, somos sustentados por um Deus que permanece fiel, mesmo que não sejamos.

Amor à obra? Sim, todo aquele que é verdadeiramente filho de Deus ama a obra e é fiel, não faz juramento sobre essas coisas, entretanto, esses, amam a obra, mas, não amam os homens ídolos deste tenebroso mundo evangélico.

Muitos fazem a obra com muito zelo, também, para fazer um escravo igual a si. Quem lê entenda.
Mateus 23:15, diz:
"Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito, e, depois de terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós." 


6-"Você pode não ter simpatia por mim, pelo pastor Y, bispo N, apóstolo Z, bispa A e o missionário W. Porém, você não pode acreditar em tudo o que vê ou lê. É preciso apurar todos os fatos. A briga entre Globo e Record é nossa? Sim, pois respinga nos evangélicos", observou. 

6-Consideração: Simpatia? Essa expressão diante da Bíblia não tem valor algum, a Bíblia manda discernir o falso do verdadeiro e, se, depois de receber entendimento e discernimento, continuar a andar com o mal e mau, serei condenado com eles, pois, neguei o Senhor e a fé inegociável.

A frase "você não pode acreditar em tudo o que vê ou lê" é ajustada dentro do seu contexto de interesse, ou seja, torcer a verdade real. Se, todos aqueles que estão em igrejas que se dizem evangélicas começassem ler e meditar na Palavra e questionar seus "doutores" de anel no dedo, uma revolução aconteceria... e acontecerá! Os prédios, templários da soberba, cobiça e inveja serão para habitação de chacais...


A briga da Record com a Globo não pertence aos verdadeiros crentes, é briga entre homens e suas iniquidades.  


7-O pastor X disse ainda que todas as igrejas tem a prática do dízimo, libertação e cura. “Quer me fazer acreditar que em sua igreja ninguém nunca saiu falando mal dela e de suas práticas? Não defendo a Record como empresa, mas a igreja Y como igreja. Como defendi os nomes e casos que citei acima. Se estivessem errados, eu seria o primeiro a falar. Não estavam. É véspera de ano eleitoral, a Record chegou a cravar 10 pontos na segunda colocada, cresce acima da média e, convenhamos, isso não agrada ninguém”, enfatizou.

7-Consideração: Falso discurso. Quem é falso defende o falso e condena a Deus. Sim, momento das eleições e a igreja chamada evangélica continua sendo arrastada por seus líderes aos calabouços da perdição. Deixaram ao Deus vivo e vão atrás de homens ídolos, inocentes úteis, manipuláveis, obedientes cegos.

Por acaso existe diferença entre a igreja Y e uma empresa? E todas as outras denominações que fazem da igreja uma casa de negócios de todos os tipos onde, em tudo, o centro da adoração é o deus Mamom?
2 Pedro 2:3, diz:
"E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita."


O povo de Deus, que é verdadeiramente de Deus, precisa acordar e sair dessa letargia e conivência, ou aceita o verdadeiro Cristo, ou nega-O. Até os ímpios conseguem ver o mal, mas, os que se dizem conhecedores de Bíblia, vivem cegos e cegados.

Dízimo? A doutrina maldita da maior atrocidade, crimes comuns e pecados praticados contra a honra da pessoa e contra Deus Pai e o Senhor Jesus Cristo. Um outro "pastor" Y, é um dos ícones do evangelho da prosperidade - uma doutrina de demônios. 


8-O pastor X pediu mais união entre os evangélicos. "Toda vez que um evangélico é indiciado, respinga em nós. Chega! Acabou a farra! Se você tem algum veículo de comunicação (site, blog, twitter, etc.), use-o neste momento. Defenda sua fé!", convocou. 

8-Consideração: Acabou a farra! Sim, as suas... a
queles que são indiciados, são, por causa de verdadeiros crimes previstos na legislação dos homens e sobretudo de Deus. Respinga? Mas, aqui é necessário separar as coisas. 

O "pastor" Y, tem, por estratégia diabólica, convocar líderes para realizarem manifestação nas ruas como demonstração de força e poder de massa. Constrange líderes denominacionais para participarem dos movimentos "senão Deus tomará providências contra eles" ou estariam pecando contra a igreja. Marcha para Jesus com fins políticos.

Transforma, assim, a igreja, em movimento sindical, igreja transformada em empresa e seus trabalhadores, que vivem do trabalho escravo, soldadinhos dominados, devem promover opinião pública. Talvez esteja com inveja do presidente Lula que começou assim, e cobiça, por inveja, altos cargos governamentais...

Respinga? Sim, respinga naqueles que não estão envolvidos com essa trama e estratégia maligna que os perversos e mentirosos líderes estão movimentando, "usando" o corpo que deveria ser de Cristo.

Deus não é bobo, e o pior ainda está por vir contra essa afronta ao Deus vivo que deixou muitos fatos na Bíblia para sabermos como será o tratamento para aqueles que "nunca foram filhos verdadeiros" e usam o Pai e o Filho como instrumentos de suas cobiças e próprios interesses. (2 Timóteo 3)  


9-O pastor X fez questão de registrar sua solidariedade à igreja Y, especialmente ao líder, Bispo N. "Podemos divergir em vários assuntos doutrinários, mas o que une os evangélicos como um todo é muito maior: Jesus Cristo. Assim como a Rede Record, faço a seguinte pergunta: como a Rede Globo teve acesso ao processo que corre em segredo de justiça?", criticou.

9-Consideração: Sim, seja solidário e faça a sua parte e receba a sua recompensa. Essa frase "o que nos une é maior" é uma grande hipocrisia e frase de efeito para momentos oportunos.

Por acaso o missionário W frequenta a igreja Y? O "apóstolo" Z frequenta a igreja D? Membros da igreja C frequentam a igreja D?

Eles acusam uns aos outros e, quando conveniente, pelo inimigo comum, unem forças usando frases de efeito desse tipo. Esse inimigo comum, para aqueles que sabem a verdade, é o próprio Deus, usando a justiça dos homens. Rede Record, se fosse emissora de crente, somente teria programa de crente, mas, a desculpa do lado empresarial é para os, desculpe a expressão, os "trouxas", ovelhas sem entendimento e falsos irmãos.

Bom... basta a doutrina da falsa graça para compreender esse cenário de hipocrisia e blasfêmias.

Divergir em assuntos doutrinários é tolerável?
Por acaso Palavra de Deus é ciência discutível com seus seguimentos diversos?
Palavra de Deus possui uma só interpretação. Quem errar, erra o Caminho para o céu.

Por acaso saberia, o pastor X e outros, compreenderem a dimensão, sem divagações para a perdição, das científicas "divergências" doutrinárias, do texto seguinte? 


Gálatas 5: 16-26, diz:

"Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne, e estes opõem-se um ao outro para que não façais o que quereis.
Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.
Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus."

É o que vocês estão fazendo!

Muitos aprenderam e, também aprendi, no início da caminhada da fé, que "somente Deus pode julgar".
Lendo e meditando na Bíblia confirmado ficou que é uma mentira ajustada para acobertar e alimentar o mal ou o mau.
A frase "somente Deus pode julgar" ficou para uso exclusivo de Satanás visando impor sua mentira e farsa dentro dos rebanhos que deveriam ser de Deus. Da mesma forma a frase "não toque no ungido".

São frases do sustento do inimigo, amordaçando, acorrentando e escravizando almas sem entendimento, dominadas por falsos e mentirosos obreiros da iniquidade.

Aqueles que usam muito a frase mentirosa "Deus julgará", precisam reaprender diante da Bíblia esse sentido.

Quando você condena o mundo e suas obras você não julga? Você diz "amém" para as obras do mundo?
Quem te diz que o mundo está condenado e não ame as obras dele? E os obreiros do engano, que falam perversidades e abusam de pessoas sem entendimento?
Se o Espírito Santo não mente e nem abusa de ovelhas de Deus, compradas pelo sangue do Cordeiro, quem são esses que fazem coisas terríveis "em nome de Jesus e Deus Pai" e limpam a boca e dizem: não fiz nada de errado. Quem são esses?

Quem entende de Palavra de Deus e tem o Espírito Santo (verdadeiro), sabe quem são esses.


Sim, só Deus julga, pela Sua Palavra. A Palavra de Deus já está julgando.
Deus dá sua Palavra para julgar entre o bem e o mal, entre o bom e o mau, entre o profano e o santo, entre o justo e o injusto, entre o falso e o verdadeiro, entre Palavra de Deus e palavra de homem e de demônios.
Quem tem a Palavra de Deus e seu Espírito Santo não come bolotas para porcos.

Um dos textos que assim faz, é esse nos versículos acima, senão, os mesmos que dizem que não devo julgar, digam isso para o apóstolo Paulo que escreveu, pois, ele está julgando, dizendo: "...
e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus..."

Ou, para você é tudo a mesma coisa?

DEUS JÁ ESTÁ JULGANDO.



Não sejam condenados com eles. Sai dela povo de Deus! Amém!

Indicação para leitura bíblica:
"Lamentações"
do profeta Jeremias.

Sergio Luiz Brandão

Paz ao seu coração... 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ATENÇÃO!

Estou disponibilizando, alguns estudos em PDF para baixar em seu computador.
1-Para fazer download, basta clicar na foto relativa ao estudo.
2-O PDF será aberto.
3-Clique na flechinha para fazer o download.
Demora um minutinho, espere que ele abrirá uma janela, basta clicar em Ok.

Que Deus abençoe sua leitura.
Qualquer problema em abrir o documento, ou com o download, basta me escrever: através do formulário na coluna à direita.

Todos os Estudos são baseados nas Sombras das Coisas Futuras

Isaque o Unigênito de Abraão, no Contexto Igreja Livre e Igreja Escrava

Quando Deus Ouve e Atende a Voz de seu Povo para o mau.

A Bíblia diz que Adão não foi enganado quando pecou, Adão sabia o que estava fazendo.

Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo.

É Possível consultar os mortos como o rei Saul consultou o Profeta Samuel?

Os filhos de Deus Crentes, podem Frequentar Praia ou Festa do Carnaval?

Guardar o Sábado da Lei de Moisés

Divórcio e Novo Casamento, segundo a Bíblia Sagrada

Tatuagem e Piercing são lícitos aos filhos de Deus?

Image and video hosting by TinyPic

Doutrina da Santíssima Trindade Católica Apostólica Romana

Pedófilos e Pedofilia - Abusando de Crianças.

Image and video hosting by TinyPic

O Senhor Jesus Lavando os Pés dos Discípulos-Significado.

O Sábado Natural e o Sábado Espiritual

Igreja de Jesus Cristo nos Lares

A falsa doutrina do uso do véu pelas mulheres.

Quando Deus disse: Haja Luz-não foi criado o Sol, alguém nasceu.

O primeiro homicídio no Céu e o primeiro homicídio na Terra.

Carne e Sangue não Herdam o Reino dos Céus.

Primeira e Segunda mortes.

A mulher pode assumir a liderança na Igreja de Jesus Cristo?

As mulheres estejam caladas nas igrejas.

Jesus Cristo veio cumprir ou anular a Lei do Velho Testamento?

Batismo nas Águas e Santa Ceia do Senhor

A Separação dos Reinos.

Futebol e Idolatria Evangélica.

O Verdadeiro e os Falsos Fundamentos.

A Parábola das Dez Virgens