11 abril 2011

Existe pecado para a morte? Qual ou quais são os pecados para a morte segundo a Bíblia Sagrada? A igreja que se diz evangélica comete pecado para a morte?


Resposta: (resumida)
Primeiro, seja colocado em evidência que, o pecado para a morte, quer dizer, pecado para a morte espiritual.


Só poderá morrer espiritualmente quem está espiritualmente vivo. Somente são vivos espiritualmente aqueles que um dia confessaram Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, e passaram pelo novo nascimento.


Aqui já entram as polêmicas daqueles que pregam e ensinam que quem nasceu de novo não pode perder a salvação, o que não é provado na Bíblia Sagrada, mas, ao contrário, a Palavra de Deus diz que a salvação pode ser perdida por aqueles que não perseverarem até o fim e, isso, envolve muitas coisas que a própria Bíblia explica.
Sobre isso fiz abordagem nesta página: O crente pode perder a salvação?
Neste assunto, pecado para a morte, vamos entrar novamente na interpretação revelada do Velho Testamento.
Lembrando: O Velho Testamento não foi extinto e nem foi tornado obsoleto para a dispensação da graça.
(Referências: Romanos 2:29; 7:6; 2Coríntios 3:6-9)


Foi extinta, sim, a interpretação natural, pela letra morta, mas, é manifestada na dispensação da graça, a interpretação revelada, a qual estava oculta e encoberta para o tempo determinado.
Sobre isso fiz abordagem nesta página: Jesus Cristo veio cumprir ou abolir a lei do A.T?
Quando lemos no Velho Testamento os casos de pecados, para os quais Deus determinava que o "pecador deveria morrer", naquele tempo era fisicamente, de modo natural, sem misericórdia, sem perdão. Para nós, hoje, essa interpretação passa para o campo espiritual, podendo até ter conseqüências físicas, conforme assim for a vontade de Deus. Exemplo de Ananias e Safira em Atos dos Apóstolos, capítulo 5.

Os Dez Mandamentos, inclusive, são da Lei do Velho Testamento, pois, se não fossem cumpridos, dariam a morte como penalização. Se alguém matasse outro, o homicida deveria morrer, sem perdão ou misericórdia.


Por isso, há muito erro nas interpretações para os dias de hoje que, dissimuladamente, são doutrinas de judaísmo-catolicismo-romano disfarçadas de graça. E isso é muito sério, pois, diante da Palavra de Deus, quem vive assim, está caído da graça de Cristo, ou seja, está sem salvação.


Mas, os adeptos do evangelho fácil, o "evangelho segundo a minha igreja" e, DE BEM COM A VIDA, não acreditam nessas coisas, fazendo dos apóstolos e do próprio Deus grandes mentirosos. Sobrescrevem a Palavra de Deus sem temor algum, para perdição.

Aqui vem a interpretação dos pecados para a morte, hoje, morte espiritual.
Morte espiritual quer dizer, o Espírito Santo, o Selo e penhor da salvação, extinguiu-se pelo pecado, e o templo (corpo) ficou vazio e em trevas. 

1 Tessalonicenses 5:19, diz: "Não extingais o Espírito.

"Efésios 4:30, diz: "E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção."


Todos os pecados enumerados no Velho Testamento, onde Deus diz que o pecador deveria morrer, são, para a dispensação da graça, os pecados para a morte. É a morte espiritual.
Aqui chega o momento da revelação que assola 90% da igreja que se chama evangélica.


Peço sua atenção:
A igreja que se diz ou se chama evangélica foi transformada em um grande mercado, casa de negociatas, casa de prostituição e corrupção espiritual, com todos os tipos de falsos ensinos bíblicos que, enfatizam em uníssono, a supremacia do dinheiro em qualquer circunstância da vida daqueles que congregam.


Neste site você encontra estudos bíblicos interpretando e provando a falsa doutrina do dízimo e as atrocidades que são praticadas, usando a Palavra de Deus, para arrecadar dinheiro. Temor e amor a Deus é coisa de "bobinho", no meio de alcatéias organizadas e orquestradas por Satanás.
Sobre isso fiz abordagem nesta página:  Dízimos e Ofertas-Idolatria evangélica
Nessas aberrações bíblicas que enfatizam o dízimo e as ofertas, dissimuladamente, vincularam qualquer tipo de bênção de Deus, ou seja, sem dinheiro, Deus não move a mão para abençoar. E, a blasfêmia chegou ao ponto de proclamarem que, sem dízimo, você perde a salvação da alma, ou seja, a salvação que era somente por Jesus Cristo, tem outro mediador, o dízimo. Isso é blasfêmia e, se você ouve dentro de muitas igrejas essa Palavra e diz amém, saiba que, você e o líder e toda a congregação, ESTÃO MORTOS DIANTE DE DEUS!

Não acredita? Vamos na Bíblia. Isso é muito sério.

Em Atos dos Apóstolos, capítulo 8, temos um fato para servir de exemplo de que Deus e verdadeiros crentes não brincam.


Nesse capítulo um certo Simão, mágico, na cidade de Samaria, havia crido e foi batizado, através da pregação do evangelho e sinais através de Filipe.


Os apóstolos, sabendo da nova que em Samaria haviam recebido a Palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João.
Em Samaria, Pedro e João oraram pelos que creram, impondo as mãos, e esses receberam o Espírito Santo.


No versículo 18, diz que, Simão, vendo que pela imposição de mãos dos apóstolos era dado o Espírito Santo, LHES OFERECEU DINHEIRO, dizendo para os apóstolos darem para ele aquele poder, para que, sobre quem ele impusesse as mãos, recebesse o Espírito Santo.


Mas, o apóstolo Pedro, sendo um verdadeiro crente e, discernindo a dimensão da intenção daquele pretendente, disse em seguida, versículo 20: "Mas disse-lhe Pedro: O teu dinheiro seja contigo para a perdição, pois cuidaste que o dom de Deus se alcança por dinheiro."


Poderia parar por aqui ...


Tudo o que Deus dá é por graça, favor imerecido.
Dom é dado por Deus por graça. O dom maior, o Espírito Santo, a própria vida de Deus, foi concedida por GRAÇA, pelo preço do sangue do Senhor e Amado Jesus Cristo, o Cordeiro Santo imaculado e sem pecado. Nosso Deus e Pai e o Senhor Jesus Cristo, propiciam todas as coisas por causa do muito amor com que nos amou, por preço impagável e inconcebível à sabedoria humana: o preço do sangue do Cordeiro.

Neste versículo estão enquadrados aqueles que pregam e "doutrinam", escravizando suas multidões de seguidores que, para alcançarem o favor de Deus, somente com dinheiro na mão.

É hora de tocar a trombeta e acordar alguns que dormem, que não fazem parte dessas alcatéias de enganadores e falsos apóstolos, falsos bispos, falsos pastores, falsos profetas, falsos irmãos com seus falsos evangelhos da graça.

No versículo 21, o apóstolo Pedro prossegue:
"Tu não tens parte nem sorte nesta palavra, porque o teu coração não é reto diante de Deus."


Mais, versículos 22, 23, 24:
"Arrepende-te pois dessa tua iniquidade, e ora a Deus, para que porventura te seja perdoado o pensamento do teu coração. Pois vejo que estás em fel de amargura, e em laço de iniqüidade."


Observe que o apóstolo Pedro colocou sob condição se Deus perdoará ou não a iniqüidade de Simão:
"... para que porventura te seja perdoado ..."
Quais são as frases mais comuns sobre dízimos, ofertas, carnês, boletos, etc?
- Se você quer ser próspero em todas as áreas da sua vida, tem que abençoar a obra com seus dízimos e ofertas.
- Todas as bênçãos Deus dará, mas, sem dinheiro, Deus não pode abençoar.
- Quer a salvação da família? Faz voto e pegue um carnê de Gideão.
- Quer um carro novo? Pegue o carnê, dá uma oferta dobrada na Santa Ceia, essa oferta na Santa Ceia tem um segredo ...
- Quer a cura da mãe ou do filho? Pegue um carnê no nome dele e Deus entrará com providência.
- Quer conquistar mais posição no emprego? Entrega o que você tem no bolso e Deus moverá as circunstâncias.
- O Espírito Santo revela que as coisas não vão bem na sua casa porque você tem ofertado pouco ...
- A Teologia da prosperidade veio para tirar você da miséria e torná-lo crente honrado!
- Não adianta irmãos, se o crente quer ser próspero, precisa dizimar e ofertar, senão será ladrão.
- O crente só será bem-sucedido em tudo quando for fiel nos dízimos e ofertas.


São inúmeras as frases de efeito, técnicas e "doutrinas" para você se tornar um "comprador do favor de Deus".


Quantos favores foram comprados até agora neste "mundo que se diz evangélico"?


Quantos compraram posições de fama mundial no mundo dos esportes, política, ministério "evangélico", cantores e cantoras (artistas) do mundo "gospel", empregos, empresários bem-sucedidos, através dessa doutrina de demônio? Apresentam seus testemunhos perversos de que sempre foram fiéis no dinheiro para alcançarem suas posições de fama. Eles arrastam multidões que irão acreditar e viver pelo que eles falam, para eterna perdição.


Se a bênção foi "comprada", como mantê-la?
Como é mantida essa bênção recebida? Deus deu? Certamente que não. Deus não compactua com esse tipo de "doutrina".
Quem comprou, para manter a bênção, precisará continuar "pagando por ela", como um tributo, um pedágio, para sua própria perdição, inclusive o ministério que ensina e vive dessa doutrina de demônio.
Blasfemam contra o Deus vivo.


Mateus 7: 21 ...
"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus,
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci, apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. ...."


Todo aquele que vive e pratica a Palavra de Deus, verdadeiramente ama e teme a Deus, e não comete iniqüidade.
Hoje, vemos a iniqüidade e corrupção imperando e ainda gritam: "não toquem em mim!"
Qualquer tentativa de desmascaramento desses lobos e enganadores, já vão logo dizendo que é o inimigo, torcendo a justiça.


Jesus diz em Mateus 7:23 que NUNCA CONHECEU TAIS PESSOAS que se diziam de Jesus e faziam a obra.
Mas, não era através de Jesus que recebiam as bênçãos?   NÃO !!!   Eles compravam as bênçãos.


Quem vende "bênçãos" neste mundo?
Quem só dá algo se você der algo em troca para ele neste mundo? SIM, SATANÁS.


Mateus 4:8, 9 e 10, diz:
"Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto, e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles.
E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.
Então disse-lhe Jesus: Vai-te Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás."


Se pelas doutrinas de demônios alguém recebe as "bênçãos", QUEM é o seu abençoador?
A doutrina de demônio tem um "espírito" que engana, confunde, domina, enfeitiça e escraviza.


Ainda quer brincar de ser crente? A perdição eterna aguarda ...
Agora compreende o fato de Jesus dizer: Nunca vos conheci?
Isso é pecado para morte. Comprar o favor de Deus.
Anularam a única justiça de Deus, que, sem preço deste mundo concede todas as coisas: O Senhor Jesus Cristo.

A Santa Ceia do Senhor.
Diante desse quadro, quem pode participar da Santa Ceia do Senhor?
A Santa Ceia é a comunhão dos santos salvos, que estão/estarão participando da mesa do Senhor no reino de Deus.
Quem serve à mesa é o Senhor Jesus, momento de festa e alegria em sua presença, não culto fúnebre.


Mas, é comum a pergunta: Quem pode participar da Santa Ceia? Quais impedimentos para não participar?
A resposta está, na exposição apresentada anteriormente e, em outras passagens bíblicas que falam sobre o pecado para a morte, ou que anulam a salvação da alma.


A Palavra de Deus é objetiva e sem divagações quando faz referência aos pecados que não permitem a salvação da alma.
Se, não há salvação da alma, por causa desses pecados, conseqüentemente não participarão da Ceia do Senhor no reino de Deus.


Se, não participarão à mesa no reino dos céus, aqui, também não.


Quais os pecados que a Bíblia apresenta como "mortais"?
Carta do apóstolo Paulo aos Gálatas, capítulo 5, versículos 16 - 21.
"Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.
Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.
Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: Prostituição, impureza, lascívia,
Idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus."


1 Coríntios 3:3 ...
"Porque ainda sois carnais: pois havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?"


Apocalipse 21:7, 8
"Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.
Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicários, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte."


Esses pecados são referências para os que se dizem crentes ou evangélicos.
Lembra da frase de Jesus em Mateus 7:23 ... Nunca vos conheci ...


Todos aqueles que estiverem nessas situações, já estão julgados pela Palavra de Deus.

João 12:48, diz:
"Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, JÁ TEM QUE O JULGUE; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia." 
Ou seja, o que você faz hoje, no tempo da sua existência, já sabe se é conforme a Palavra de Deus ou não.


Por exemplo: os dizimistas idólatras, que dão ao dízimo o poder de mediador entre Deus e os homens, para a salvação da alma e propiciação de todas as bênçãos físicas e espirituais, diante da Palavra de Deus, JÁ ESTÃO CONDENADOS, a não ser que se arrependam e se convertam ao verdadeiro evangelho de Jesus Cristo e, também, ao verdadeiro Senhor Jesus.


Outro exemplo: os lobos e mercenários, políticos, negociadores que transformaram o nome de Jesus Cristo em um grande marketing, que mentem, fraudam, corrompem, são obstinados, pecam voluntariamente, torcem a justiça, pervertem a verdade de Cristo, esses, também, pela Palavra de Deus, JÁ ESTÃO CONDENADOS, a não ser que se arrependam e se convertam ao verdadeiro evangelho de Jesus Cristo e, também, ao verdadeiro Senhor Jesus.


Já estamos no ÚLTIMO DIA.

Abaixo, deixarei um esboço de passagens bíblicas para reforçar a compreensão sobre o assunto: PECADO PARA A MORTE.

1 João 5:16, 17, 18 ...
"Se alguém vir pecar seu irmão pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore.

Toda iniquidade é pecado e há pecado que não é para morte.
Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca."


1 Timóteo 1:13 ...
"A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e opressor, mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade."


Mateus 12:31 ...
"Portanto eu vos digo: todo pecado e blasfêmia se perdoará aos homens, mas a blasfêmia contra o Espírito Santo não será perdoada aos homens.
E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado, mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não será perdoado, nem neste século nem no futuro."


Mateus 7: 21 ...
"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus,
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci, apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.
Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. ...."


No Velho Testamento estão enumerados os pecados ou transgressões da Lei que, se praticados, deveriam ser punidos, inclusive com a morte.


Esses são os pecados para a morte, que, devem, para nós, hoje, serem interpretados conforme seus significados espirituais e, NÃO, conforme interpretação natural, "pela letra".
Observar que, a Palavra de Deus faz distinção entre o ato praticado por um filho de Deus e, por um incrédulo.
Por isso, também, diz a Palavra que, um que se diz filho de Deus e pratica iniqüidade, é pior que o ímpio e, com esses, não devemos participar da mesma mesa.


Exemplo 1:
Se alguém praticasse um homicídio, pela Lei do Velho Testamento, deveria morrer.
Isso quer dizer que, é um pecado para a morte. Hoje, essa morte é espiritual.


Mas, nisso há duas situações distintas: se o autor do homicídio é filho de Deus ou incrédulo.


Hoje, alguém pode praticar um homicídio, "matando a fé verdadeira e ensinando uma falsa fé, por um falso evangelho, uma falsa doutrina". Exemplo comum é dizer que se não entregar o dízimo ( doutrina da Lei ) perde a salvação, anulando a obra de Jesus Cristo.
Não há, porém, homicídio, se destruir uma falsa fé, ao contrário, traz vida.


Textos bíblicos:
Números 35:31
"E não recebereis resgate pela vida do homicida que é culpado de morte; pois certamente morrerá."


Repetindo, por isso o apóstolo João diz:
1 João 5:16
"Se alguém vir pecar seu irmão pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore."

Exemplo 2:
O adúltero, pela Lei do Velho Testamento, deveria morrer. É pecado para morte.
É pecado para a morte física, mas, para nós hoje, representa morte espiritual, que não se deve orar, e, o adúltero deverá estar diante de Deus para aguardar respostas.


O adúltero morre espiritualmente quebrando a unidade contra o seu cônjuge, e, por esse ato não se ora, mas, o adúltero deverá buscar em Deus o perdão e reconciliação com Deus e o cônjuge traído.
Os desdobramentos possuem variações, mas, a Palavra se cumpre.


Textos bíblicos:
Levítico 20:10
"Também o homem que adulterar com a mulher de outro, havendo adulterado com a mulher do seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera."


Deuteronômio 22:22
"Quando um homem for achado deitado com mulher que tenha marido, então ambos morrerão, o homem que se deitou com a mulher, e a mulher; assim tirarás o mal de Israel."


1 Coríntios 6: 9 ...
"Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus."


João 8: 1 ...11
"... E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada no próprio ato, adulterando.
E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu pois que dizes?
.... Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
E ela disse: Ninguém Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno, vai-te e não peques mais."

Exemplo 3:
O blasfemo deveria morrer.


Textos bíblicos:
Levítico 24: 10 ... 16 "E apareceu um filho duma mulher israelita, o qual era filho dum egípcio, no meio dos filhos de Israel; e o filho da israelita e um homem israelita porfiaram no arraial.
Então o filho da mulher israelita blasfemou o nome do Senhor, e o amaldiçoou, pelo que trouxeram a Moisés; e o nome da mãe era Selomite, filha de Dibri, da tribo de Dã.
E o levaram à prisão, até que se lhes fizesse declaração da boca do Senhor.
E falou o Senhor a Moisés, dizendo:
Tira o que tem blasfemado para fora do arraial, e todo os que o ouviram porão suas mãos sobre a sua cabeça, então toda a congregação o apedrejará.
E aos filhos de Israel falarás, dizendo: Qualquer que amaldiçoar o seu Deus, levará sobre si o seu pecado.
E aquele que blasfemar o nome do Senhor, certamente morrerá; e toda a congregação certamente o apedrejará; assim o estrangeiro como o natural, blasfemando o nome do Senhor será morto. ..."


E o apóstolo Paulo diz:
1 Timóteo 1:13 ...
"A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e opressor, mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade."


Aqui a exceção: Saulo de Tarso (Paulo) era incrédulo.



ANANIAS E SAFIRA


Textos bíblicos:
Atos 5: 1 ... 11
"Mas um certo varão chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade;
E reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher, e, levando uma parte, depositou aos pés dos apóstolos;
Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade?
Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração?
Não mentiste aos homens, mas a Deus.
E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou ...
Então Pedro lhe disse: Por que é que entre vós concertastes para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e também te levarão a ti. ..."


Levítico 19: 11
"Não furtareis, nem mentireis, nem usareis de falsidade cada um com o seu próximo."


Josué 7:11 ... 26
"Israel pecou, e transgrediram a minha aliança que lhes tinha ordenado, e tomaram do anátema, e furtaram, e mentiram, e debaixo da sua bagagem o puseram.
...... E respondeu Acã a Josué, e disse: Verdadeiramente pequei contra o Senhor Deus de Israel, e fiz assim e assim ... E disse Josué: Por que nos turbaste? O Senhor te turbará a ti este dia. E todo o Israel o apedrejou com pedras, e os queimaram a fogo, e os apedrejaram com pedras ...."

Paz ao seu coração...

Sergio Luiz Brandão 

9 comentários:

  1. Malaquias 3:8,EXODO 20:13,1JOÃO 3:4, 5:3

    ResponderExcluir
  2. Vaidade, tudo são vaidades, então que nossas ações, sejam para a glória de Deus, dizimando ou não façamos tudo para glória de Deus. As benção materiais vai das oportunidades, que Deus vai mostrar para você cabe a nós fazermos nossas escolhas; ter um bom estudo, se preparar p o mercado de trabalho, e agir com honestidade, você colhe o q vc planta, é a lei da semeadura.

    ResponderExcluir
  3. Marinete, dizimar jamais será para a glória de Deus, ofertar sim, isso se for para a obra de Deus mesmo, mas dizimar NUNCA, obras da lei jamais glorificarão a Deus, pois na graça do Senhor Jesus Cristo não pode haver doutrinas da lei, viver pela doutrina da lei anula a graça de Cristo.
    Paz ao seu coração.

    ResponderExcluir
  4. Graça e paz a todos!

    Primeira vez que acessei este blog e gostei muito de seus comentários irmão Sergio Luiz.

    O irmão abordou dois assuntos polêmicos a)A falsa doutrina do "Uma vez salvo, salvo para sempre".
    b)A obrigatoriedade em dizimar, sob pena de maldição.

    No mais, considero muito instrutivo seu arrazoado, que precisaria ser lido por muitos líderes de nossas igrejas.

    ResponderExcluir
  5. Graça e paz.

    Olá Malaquias sinta-se à vontade para usufruir dos maravilhosos estudos do irmão Sergio.
    E se puder, divulgue para que outros também possam ler e até serem libertos das doutrinas do engano que estão na maioria das igrejas.
    Deus o abençoe.

    ResponderExcluir
  6. Por favor poderia explicar este versículo? ele extingue o dízimo ou ratifica? e quando diz "vcs devem praticar essas coisas" quer dizer o que?
    Quando Moisés dá o dízimo a Melquisedeque era invencionisse de
    que pastor ou igreja, mais vamos ao versículo,
    Mt 23:23 Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês dão o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas têm negligenciado os preceitos mais importantes da lei: a justiça, a misericórdia e a fidelidade. Vocês devem praticar estas coisas, sem omitir aquelas.

    ResponderExcluir
  7. Bem Marco Antonio, vamos lá, peço que preste atenção nas partes em que coloquei em letra maiúscula:

    Texto bíblico: Evangelho Segundo Mateus, 23:23
    "Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, E DESPREZAIS O MAIS IMPORTANTE DA LEI: o juízo, a misericórdiae a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas."
    Livro de Neemias 12:44, diz:
    "Também, no mesmo dia, se nomearam homens sobre as câmaras, para os tesouros, para as ofertas alçadas, para as primícias e para os dízimos, paraajuntarem nelas das terras das cidades, as porções DESIGNADAS PELA LEI para os sacerdotes e para os levitas; porque Judá estava alegre por causa dos sacerdotes e dos levitas que assistiam ali."
    É enfatizado o final do versículo 23 de Mateus 23:
    " ... deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas..."
    Ou seja, AQUELES COM QUEM JESUS FALAVA, deveriam, além do juízo, a misericórdia e a fé, também, entregar o dízimo. Ou, deveriam entregar odízimo e não deixar o juízo, a misericórdia e a fé.
    Em ordem:
    PRIMEIRO:
    Nesta passagem da Bíblia, Jesus está tratando com “Escribas e Fariseus” - este detalhe é imprescindível, pois, quando tratamos de assuntos com determinadas pessoas, sabemos o que são, e como devem ouvir conforme entendem. Uma frase equivalente para o versículo 23 seria: "Escribas e fariseus já que vocês guardam a lei e vivem pela lei, então, deveriam atentar para os outros detalhes mais importantes da mesma lei. "Por essa razão, Jesus disse que, deveriam cumprir um e não omitir o outro, já que eram rigorosos e exigentes segundo a lei do Velho Testamento, a lei de Moisés. Compreendeu? Jesus, trata(va) com os escribas e fariseus com a sabedoria da verdade real com discernimento e interpretação revelada, e não pelo entendimento da aparência, do que parece ser conforme o homem natural.
    Lembra da sabedoria e reta justiça de Jesus quando argumentou com aqueles que pretendiam apedrejar a mulher que flagaram em adultério? Sim, segundo a reta justiça. Mas a lei é implacável. (Evangelho de João 8:1-11)
    Sendo tão implacáveis, além de dizimar segundo a lei, cumpram osoutros mandamentos mais importantes da mesma lei.
    SEUNDO:
    Antes de considerar a frase final do versículo 23, conforme vimos, devemos, antes, considerar a frase anterior que diz: " ... pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, E DESPREZAIS O MAIS IMPORTANTE DA LEI... "Sim, o “MAIS IMPORTANTE DA LEI”.
    Agora entende porque é imprescindível o detalhe de que Jesus estava tratando com escribas e fariseus? Se cumprem um item da lei, também, sejam cumpridos todos os outros.

    ResponderExcluir
  8. TERCEIRO:
    Jesus julgou os escribas e fariseus como hipócritas. Exemplos de hipócritas:- Alguém que não conhece a verdade da bíblia e exige dos ignorantes da Palavra o seu cumprimento à risca. São opressores.- Exigem dos pobres e regalam-se em deleites com o dinheiro tirado deles.- Tira o dinheiro suado que seria usado para comprar o leite do pobre e sua criança e, transforma esse dinheiro, em coca-cola para saciar a sua sede na cantina.- Usa o dinheiro tirado do pobre e paga a conta do seu serviço da net, sky seja lá qual for.- Do dinheiro pouco do pobre que se abana com papel ele compra um arcondicionado;- Do dinheiro da condução do pobre ele atualiza o seu carro do ano.- Do dinheiro para o feijão com arroz do pobre ele faz um banquete para o encontro anual dos líderes poderosos da igreja de Jesus Cristo no melhor hotel da cidade, 10 estrelas... 100 luz... e tantas outras... Alguém, mais uma vez, pode gritar neste momento e dizer: "E as boasobras que a igreja faz? Você não vê isso? Só vê o lado ruim? "Certamente reconheço as boas obras, certo que, boas obras mesmo não sendo crente uma multidão tem feito, e, muito mais. Um traficante dos famosos morros sustentam a comunidade com dinheiro de injustiça. Sustentar um ministério com dinheiro de sofrimento de pobres e ignorantes, exigir e tirar deles com erro, violência, pecado e blasfêmia, ao invés de dar para eles, é dinheiro de injustiça também. O Senhor Jesus não tem conivência com esse tipo de obra.
    QUARTO:
    As denominações pentecostais, mundialmente conhecidas e tradicionais, Assembleia de Deus, Deus é Amor e outras não pentecostais, queu sam desse versículo para sustentar o dízimo, são contra aqueles que guardam o dia de sábado, os adventistas do sétimo dia, ao ponto de julgá-los como uma seita. Agora, se fosse correto o argumento que usam para o dízimo, baseado em Mateus 23:23, deveriam também, aplicar na guarda do Sábado para suas denominações. Releia o texto de Mateus 23:23 e mude o foco do assunto, de dízimo passe para o dia de sábado, pois a origem dos focos e o contexto interpretativo, é a mesma situação, ou seja... a lei do Velho Testamento.

    Mateus 12:1-8, diz:
    "Naquele tempo passou Jesus pelas searas, em um sábado; e os seus discípulos, tendo fome, começaram a colher espigas, e a comer. E os fariseus, vendo isto, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos fazem o que não é lícito fazer num sábado. Ele porém, lhes disse: Não tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e os que com ele estavam? Como entrou na casa de Deus, e comeu os pães da proposição, QUE NÃO LHE ERA LÍCITO COMER, nem aos que com ele estavam, mas só os sacerdotes? Ou não tendes lido NA LEI que, AOS SÁBADOS, OS SACERDOTES NO TEMPLO VIOLAM O SÁBADO, E FICAM SEM CULPA? POIS EU VOS DIGO QUE ESTÁ AQUI QUEM É MAIOR DO QUE O TEMPLO.
    Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes. Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor."

    ResponderExcluir
  9. Basta meditar uma pela outra: é a mesma situação em diferentes itens da lei do Velho Testamento. Sendo, o sacerdócio de Jesus Cristo, maior que o sacerdócio levítico do templo terreno, ele é maior do que a lei. Por isso, até do sábado ele é Senhor. Ele não guarda a lei de Moisés, pois, o sábado da lei de Moisés é o sábado terreno, natural. O sábado do Senhor é eterno. Ele é o Senhor desse sábado eterno, quando de tudo se descansará, depois do fim de tudo. No sábado eterno, Deus não trabalha, cessam todas as obras, tudo volta para a situação de paz e eternidade, com a finalização de todas as coisas. Se você não está enquadrado acima continue em paz, continue na sua santa, imaculada e irrepreensível caminhada da fé. Então, no que diz respeito ao texto bíblico de Mateus 23:23, reinterpretado, o argumento que apresentam para sustentar o dízimo, está errado.

    Espero ter ajudado, para melhor compreensão peço a voce que leia o livro Idolatria evangélica-Dízimos e ofertas: http://www.blues.lord.nom.br/livros-online-estudos-biblicos-book-bible-study-the-lord-church/Dizimos-e-Ofertas-Idolatria-Evangelica-3-ed.pdf

    Lembre-se: os que mataram o Senhor defendiam a lei e não aceitaram a justiça de Deus que se cumpriu em Jesus Cristo.

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao Blog Santificai-vos.
Leia antes de fazer seu comentário:

Efésios 4:29
"Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem."

- Os comentários do Blog são moderados.
- Só publique assuntos relacionados ao conteúdo do artigo.
- Não coloque links de artigos nos comentários.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Proibido fazer propaganda.
- Identifique-se, pois filhos de Deus possuem um nome e não são anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ATENÇÃO!

Estarei disponibilizando, alguns estudos para baixar em seu computador.
1-Para fazer download, basta clicar na foto relativa ao estudo.
2-Ao abrir a página, logo acima no painel lado esquerdo, clique em Arquivo.
3-Na janela que abrir, clique em: Fazer download como.
4-E finalmente, clique em Documento PDF
Que Deus abençoe sua leitura.
Qualquer problema em abrir o documento, ou com o download, basta me escrever: através do formulário na coluna à direita.

Doutrina da Santíssima Trindade Católica Apostólica Romana

O Senhor Jesus lavando os pés dos discípulos-Significado.

A falsa doutrina do uso do véu pelas mulheres.

O primeiro homicídio no Céu e o primeiro homicídio na Terra.

Carne e Sangue não Herdam o Reino dos Céus.

Primeira e Segunda mortes.

A mulher pode assumir a liderança na Igreja de Jesus Cristo?

As mulheres estejam caladas nas igrejas.

Pedófilos e Pedofilia, Abusando de Crianças, no Corpo e no Espírito.

Jesus Cristo veio cumprir ou anular a Lei do Velho Testamento?

Batismo nas Águas e Santa Ceia do Senhor

Quando Deus disse: Haja Luz-não foi criado o Sol, alguém nasceu.

A Separação dos Reinos.

Futebol e Idolatria Evangélica.

A Parábola das Dez Virgens

Igreja de Jesus Cristo nos Lares

O Verdadeiro e os Falsos Fundamentos.