01 abril 2011

Palavra de Deus-A Parábola das Bodas.


"1.Então Jesus, tomando a palavra, tornou a falar-lhes em parábolas, dizendo:
2.O reino dos céus é semelhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho;
3.E enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas; e estes não quiseram vir.
4.Depois, enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto; vinde às bodas.
5.Eles, porém, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu negócio;
6.E os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram.
7.E o rei, tendo notícia disto, encolerizou-se e, enviando os seus exércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade.
8.Então diz aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos.
9.Ide, pois, às saídas dos caminhos, e convidai para as bodas a todos os que encontrardes.
10.E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e a festa nupcial foi cheia de convidados.
11.E o rei, entrando para ver os convidados, viu ali um homem que não estava trajado com veste de núpcias.
12.E disse-lhe: Amigo, como entraste aqui, não tendo veste nupcial? E ele emudeceu.
13.Disse, então, o rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, levai-o, e lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.
14.Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos." 
Mateus 22:1-14

Nessa parábola das bodas, o Rei é nosso amado Deus, que faz as preparações para as bodas de seu Filho Jesus Cristo com a sua amada noiva, a Igreja.

Aqui temos, figurada, a grande festa das bodas quando Jesus Cristo se reunirá com sua igreja no reino dos céus.
O convite às bodas foi primeiramente feito ao povo escolhido de Deus, a nação de Israel, os judeus, o Senhor nosso Deus enviou seus servos os profetas, para que levassem a sua Palavra para eles e para que eles aceitassem o convite de salvação que lhes estava sendo proposto, mas eles maltrataram os servos de Deus e a muitos também mataram, como diz a Palavra em Mateus 23:37:

"Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!"

"8.Então o rei diz aos servos: As bodas, na 
verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos.
9.Ide pois às saídas dos caminhos, e convidai para as bodas a todos os que encontrardes.
10.E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e a festa nupcial foi cheia de convidados."  

Então o Senhor nosso Deus estendeu o convite a outros povos, os gentios, que não faziam parte de seu povo Israel, porque seu povo Israel rejeitou sua Palavra e obediência.
Então o convite se estendeu a todos os povos, e esse convite é feito através da Palavra de Deus, este convite é feito até hoje a todas as pessoas que ouvem a Palavra de Deus e creem em seu Filho Jesus Cristo o Salvador, para que façam parte do reino dos céus.


O convite de Deus Pai é algo precioso, o valor pago por ele foi o sangue de seu Filho amado Jesus Cristo, cabe a cada um dar o devido valor a essa oportunidade e seguir sua caminhada com o Senhor, em obediência e santificação, pois por sua Palavra , vamos nos limpando de tudo aquilo que não agrada ao Senhor. Somos vasos nas mãos do Senhor, e ele vai nos moldando segundo sua santa e bendita vontade, para sermos vasos de honra cheios de sua glória, por isso temos zelo pela verdadeira Palavra, pois somente ela nos santifica, a falsa palavra, fermentada por doutrinas da lei, doutrinas de homens e de demônios, não santifica ninguém, porque nela não há o Espírito Santo e sua revelação espiritual.
No verso 11 a seguir, vemos alguém que foi enganado por falsa palavra de Deus, por espíritos enganadores, por isso essa pessoa não estava trajada com vestido de núpcias, não havia nela a santidade gerada pela verdadeira Palavra de Deus, pelo Espírito Santo.


"11.E o rei, entrando para ver os convidados, viu ali um homem que não estava trajado com vestido de núpcias.
12.E disse-lhe: Amigo, como entraste aqui, não tendo vestido nupcial? E ele emudeceu.
13.Disse então o rei aos seus servos: Amarrai-o de pés e mãos, levai-o, e lançai-o nas trevas exteriores: ali haverá pranto e ranger de dentes.
14.Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos."  

As vestes nupciais, são espirituais, visto que carne e sangue não herdam o reino dos céus, e se elas não eram apropriadas sabemos que é porque a pessoa não se preparou para as bodas, assim como na parábola das dez virgens haviam cinco que não se prepararam, aqui também estava uma que não se preparou, não se revestiu de Cristo por causa do falso evangelho.

Efésios 4:17-24 diz:

"E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os 
outros gentios, na vaidade de sua mente. 
Entenebrecidos no entendimento, separados 
da vida de Deus pela ignorância que há neles, 
pela dureza do seu coração;  
Os quais, havendo perdido todo o sentimento, 
se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza. 
Mas vós não aprendestes assim a Cristo,  
Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus; 
Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas 
concupiscências do engano;  
E vos renoveis no espírito da vossa mente; 
E vos revistais do novo homem, que segundo 
Deus é criado em verdadeira justiça e santidade." 

As vestes inadequadas são aqueles que estão sem vestes de salvação, estão vestidos de espírito judaizante - A LEI - Hoje eles estão aí, dizimistas, guardadores de sábados, etc...

Os convidados eram os judeus e os de fora são os gentios - todos os que não são judeus - os do mundo... 


Essa festa tem o significado do chamado de Deus para a salvação, recebendo o Filho como Salvador, passamos a ser morada do Espírito Santo, e a presença Dele em nossa vida trará uma mudança, pois onde o Espírito de Deus habita naturalmente a santidade se fará presente, pois Deus é santo.
 
Todo aquele que tem o Espírito Santo é porque nasceu de novo.
Pelo Espírito é transformado dia após dia. O nascer de novo é real e, o Espírito Santo é o penhor da nossa salvação. Vestes de salvação é ter o Espírito Santo e estar vivendo pela graça de Deus, pelo Espírito, em verdade.  (Sergio L.Brandão)
  
Paz ao seu coração.

Bia

5 comentários :

211103 disse...

Bia tenho lido o que Deus revela em verdade pelas letras postas neste blog. Estou engatinhando ainda, mas sempre tive a visão real do que o Evangelho nos diz. Fui muito rejeitada e humilhada, mesmo em pouco tempo. Beijos gostaria de um dia conversar com você pessoalmente. Beijo e bençãos sempre.

Bia de Jesus disse...

Minha querida, são poucos os que entendem a Palavra pela revelação do Espírito Santo, agarre-se no Senhor e não largue jamais, seja sempre fiel em sua caminhada com Deus e que ele te guarde e proteja desse mundo tenebroso.
Um grande abraço minha amada, fica na paz do Senhor Jesus Cristo.

Anônimo disse...

anulamos pois a lei pela graça? Eu não guardo a lei para ser salvo, eu guardo a lei porque estou salvo pelo sangue de CRISTO,e a lei moral de DEUS (10 mandamentos)não está anulada, o sábado é o dia santificado por DEUS, é o sinal entre o CRIADOR e o seu povo,e o dízimo está claro em várias passagens bíblicas.Peça o espírito santo iluminação das sagradas escrituras.

Bia de Jesus disse...

Caro Anônimo,na graça não há doutrinas da lei, porque Cristo cumpriu a lei, na graça a lei está escrita no coração, como diz a Palavra de Deus:

Hebreus 10:16,17
Esta é a aliança que farei com eles Depois daqueles dias, diz o Senhor:Porei as minhas leis em seus corações,E as escreverei em seus entendimentos; acrescenta:
E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniquidades.

E outra, o selo entre Deus e seu povo é o Espírito Santo e não o sábado natural, o sábado para os que vivem na graça é o sábado eterno, onde de tudo se descansará.

O selo dos filhos é o Espírito Santo, quem não tiver o Espírito Santo ouvirá: Apartai-vos de mim, não vos conheço!

Efésios 1:1-14
PAULO, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, aos santos que estão em Éfeso, e fiéis em Cristo Jesus:
A vós graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo!
Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo;
Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor;
E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade,
Para louvor da glória de sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado,
Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça,
Que ele fez abundar para conosco em toda a sabedoria e prudência;
Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo,
De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra;
Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade;
Com o fim de sermos para louvor da sua glória, nós os que primeiro esperamos em Cristo;
Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, FOSTES SELADOS COM O ESPÍRITO SANTO DA PROMESSA;
O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória.

Se viver pela lei, pela lei será julgado e condenado, sem esquecer que a lei é sem misericórdia. Se guardar um item da lei, terá que guardar todas as 613 ordenanças, e se falhar em qualquer uma delas já está condenado.

Anônimo disse...

an^nimo precisa se convertaer ao judaismo, ele é judeu e nao cristão. cristão estão de baixo da nova aliança, e somos todos gentios e o proprio paulo foi contra os judaizante e os da circuncisão, onde os apóstolos ensinam sobre o dizimo, me mostre, somos a igreja apóstolica e nao judaizante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ATENÇÃO!

Estou disponibilizando, alguns estudos em PDF para baixar em seu computador.
1-Para fazer download, basta clicar na foto relativa ao estudo.
2-O PDF será aberto.
3-Clique na flechinha para fazer o download.
Demora um minutinho, espere que ele abrirá uma janela, basta clicar em Ok.

Que Deus abençoe sua leitura.
Qualquer problema em abrir o documento, ou com o download, basta me escrever: através do formulário na coluna à direita.

Todos os Estudos são baseados nas Sombras das Coisas Futuras

Isaque o Unigênito de Abraão, no Contexto Igreja Livre e Igreja Escrava

Quando Deus Ouve e Atende a Voz de seu Povo para o mau.

A Bíblia diz que Adão não foi enganado quando pecou, Adão sabia o que estava fazendo.

Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo.

É Possível consultar os mortos como o rei Saul consultou o Profeta Samuel?

Os filhos de Deus Crentes, podem Frequentar Praia ou Festa do Carnaval?

Guardar o Sábado da Lei de Moisés

Divórcio e Novo Casamento, segundo a Bíblia Sagrada

Tatuagem e Piercing são lícitos aos filhos de Deus?

Image and video hosting by TinyPic

Doutrina da Santíssima Trindade Católica Apostólica Romana

Pedófilos e Pedofilia - Abusando de Crianças.

Image and video hosting by TinyPic

O Senhor Jesus Lavando os Pés dos Discípulos-Significado.

O Sábado Natural e o Sábado Espiritual

Igreja de Jesus Cristo nos Lares

A falsa doutrina do uso do véu pelas mulheres.

Quando Deus disse: Haja Luz-não foi criado o Sol, alguém nasceu.

O primeiro homicídio no Céu e o primeiro homicídio na Terra.

Carne e Sangue não Herdam o Reino dos Céus.

Primeira e Segunda mortes.

A mulher pode assumir a liderança na Igreja de Jesus Cristo?

As mulheres estejam caladas nas igrejas.

Jesus Cristo veio cumprir ou anular a Lei do Velho Testamento?

Batismo nas Águas e Santa Ceia do Senhor

A Separação dos Reinos.

Futebol e Idolatria Evangélica.

O Verdadeiro e os Falsos Fundamentos.

A Parábola das Dez Virgens