06 abril 2011

Se uma pessoa se arrepende dos pecados e confessa Jesus Cristo como Senhor e Salvador, ela já está salva ou só quando for batizada nas águas?


Desde o momento em que a pessoa se arrepende dos seus pecados passados e confessa Jesus Cristo como Senhor e Salvador já está salva. 


Desse momento em diante, cada situação dirá o que fazer. Exemplo: 


O ladrão na cruz, nem confessou Jesus Cristo "de modo formal", mas, Deus Pai e Jesus Cristo sabiam que ele, naquele momento, havia realmente se arrependido e crido no Senhor e Salvador Jesus. Não houve tempo para batismo e nem podia ser. Naquele mesmo momento, disse Jesus, estaria no Paraíso com Ele. (Lucas 23:43) 


Outro fato: Felipe e o eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes, em Atos 8:26-40. 


Já estamos após a ressurreição de Cristo e, os apóstolos e discípulos já praticavam o que Jesus assim deixou para fazer. 


Felipe ministrou o batismo nas águas no eunuco. 


Mas, o eunuco já estava salvo, mesmo se não batizasse? 
Resposta: Sim, se morresse logo depois de confessar que cria, mesmo confessando consigo mesmo, em espírito, estava salvo. 


E se Felipe não estivesse ali? 
Resposta: Certo que Deus conhecia o coração do eunuco e, se não ocorresse nenhuma intervenção de outra pessoa natural, seria salvo, mesmo sem ser batizado nas águas.


Mas, Deus providenciou para que Felipe participasse junto do eunuco. Deus é Deus.


No livro dos Atos dos Apóstolos há mais passagens quando aqueles que creram e confessaram Jesus Cristo, foram batizados nas águas em nome do Senhor Jesus. 


O batismo nas águas é, hoje, o que no Velho Testamento foi a circuncisão. É o ato de "consagração" de um filho de Deus para Deus. 


Não sei se leu os estudos sobre o batismo nas águas do site, ele abrange essa situação: batismo/circuncisão. 


Assim, sendo um ato de "consagração" de um filho, conforme as Sombras das Coisas Futuras (Hebreus 10:1; Colossenses 2:17), como eram circuncidados no passado, hoje, os filhos de Deus são batizados nas águas. 


Nas exceções, Deus faz o que for necessário. Deus é Deus. Quem questionará? 


Sergio Luiz Brandão

Nenhum comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ATENÇÃO!

Estou disponibilizando, alguns estudos em PDF para baixar em seu computador.
1-Para fazer download, basta clicar na foto relativa ao estudo.
2-O PDF será aberto.
3-Clique na flechinha para fazer o download.
Demora um minutinho, espere que ele abrirá uma janela, basta clicar em Ok.

Que Deus abençoe sua leitura.
Qualquer problema em abrir o documento, ou com o download, basta me escrever: através do formulário na coluna à direita.

Todos os Estudos são baseados nas Sombras das Coisas Futuras

Isaque o Unigênito de Abraão, no Contexto Igreja Livre e Igreja Escrava

Quando Deus Ouve e Atende a Voz de seu Povo para o mau.

A Bíblia diz que Adão não foi enganado quando pecou, Adão sabia o que estava fazendo.

Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo.

É Possível consultar os mortos como o rei Saul consultou o Profeta Samuel?

Os filhos de Deus Crentes, podem Frequentar Praia ou Festa do Carnaval?

Guardar o Sábado da Lei de Moisés

Divórcio e Novo Casamento, segundo a Bíblia Sagrada

Tatuagem e Piercing são lícitos aos filhos de Deus?

Image and video hosting by TinyPic

Doutrina da Santíssima Trindade Católica Apostólica Romana

Pedófilos e Pedofilia - Abusando de Crianças.

Image and video hosting by TinyPic

O Senhor Jesus Lavando os Pés dos Discípulos-Significado.

O Sábado Natural e o Sábado Espiritual

Igreja de Jesus Cristo nos Lares

A falsa doutrina do uso do véu pelas mulheres.

Quando Deus disse: Haja Luz-não foi criado o Sol, alguém nasceu.

O primeiro homicídio no Céu e o primeiro homicídio na Terra.

Carne e Sangue não Herdam o Reino dos Céus.

Primeira e Segunda mortes.

A mulher pode assumir a liderança na Igreja de Jesus Cristo?

As mulheres estejam caladas nas igrejas.

Jesus Cristo veio cumprir ou anular a Lei do Velho Testamento?

Batismo nas Águas e Santa Ceia do Senhor

A Separação dos Reinos.

Futebol e Idolatria Evangélica.

O Verdadeiro e os Falsos Fundamentos.

A Parábola das Dez Virgens